de onde viemos? para onde vamos?

terra atualDoncovím? Oncotô? Proncovô?

Muita coisa me preocupa ultimamente mas sinceramente, de onde nós viemos e para onde vamos são questões que nunca me conquistaram. Estas duas questões tão emacacantes me deixariam cada vez mais ignorante, não tenho massa encefálica para tanto.

Muita gente se preocupa com isso, uma legião de pensadores está atrás da resposta questão fundamental sobre a vida, o universo e tudo o mais, mesmo que não levem sete milhões e meio de anos, tenho certeza que a resposta não será 42, e então, se eu estiver por aqui, espero tomar conhecimento dela, só pra não ficar desatualizado. 😉 Como eu passo mais tempo fazendo perguntas mais práticas, procuro ao menos estar atento às respostas para a pergunta para onde vamos(?).

Foi assim que encontrei o interessante projeto Planet Quest – the search for another earth, da Nasa (quando escrevi esse post o endereço era esse http://planetquest.jpl.nasa.gov). Este projeto visa encontrar uma nova terra. Acreditem, é assim que eles terminam o texto de apresentação do projeto.

Depois de ler um pouco a respeito, algumas perguntas daquelas emacacantes afloraram em minha mente agnóstica.

Se o Tio Sam encontrar uma nova terra, seria ele o colonizador e seria esta nova terra território azul e vermelho?

Digamos que se as regras vigentes nos períodos de descobrimento fossem aplicadas hoje e a resposta fosse sim, eu pergunto:

Mas grande parte (senão muito maior que grande) do progresso do Tio Sam não se deu à custa da degradação ambiental, da nossa Terra? Afinal, eles nem assinaram o Protocolo de Kyoto com a justificativa de que ele seria um obstáculo ao seu avanço industrial e tals (isso te lembra alguma coisa? dilma?).

Captaram a minha linha de raciocínio?

Pegando carona nessa viagem de nova terra, e levando em conta que historicamente o Tio Sam só se mexe internacionalmente por interesses próprios, se a tal nova terra se tornar um dia, a nossa única fonte de recursos, estaremos todos (a terra atual) dependendo do grande detentor desses recursos?

Visitem o site do projeto, leiam, reflitam, ponderem. Enjoy it.

Anúncios
Publicado em variedades
4 comentários em “de onde viemos? para onde vamos?
  1. Fala Júnior! Obrigado pela sua participação efetiva comentando lá no Blog do Noel. Passe sempre por lá e deixe sua opinão viu!

    Sobre o post, eu também vivo pensando nisso. Se bem que não é tão importante assim, só quando morrermos é que vamos ter certeza.

    E se os EUA achar e colonizar este planeta, eu tenho certeza de que vai ser como nos tempos das grandes navegações. Eles vão fazer questão de destruir o planta em prol do crescimento deles.

    Abraço!

  2. Bianca Elisa disse:

    Você já esteve num lugar chamado, acho que, Noruega? Será que encontram tal beleza meu amor? Digo que não duvido que estejam a procura de uma nova Terra. E já imagino que se o Tio Sam encontrar, vai pintar de dourado e nos vender com etiquetas naquelas cores…(Adoro verde!)
    Mas a Terra, ainda é minha Terra. Nossa Terra. E é nela que vivemos. E acredito que Noruega ou Litoral de SP E SC, por exemplo, não serão encontrados numa nova”Terra”.
    Parabéns pelo texto que faz a gente pensar mil e uma coisas.
    Mas o que eu mais penso é tanto tanto.Beijos!

  3. Anonimo disse:

    Passo por aqui uma vez por semana, e então coloco em dia a leitura dos posts que perdi.

    Divirto-me bastante lendo as coisas que você escreve. Faz passar a imagem de um cara intelectual, que lê, se aprimora, busca conhecimento, busca reflexão, e isso é raro, já que a maioria das pessoas estão mesmo é “cagando e andando” pras coisas que você pensa tanto… anyway…

    Vamos lá:

    Post do layout.
    Ficou bem clean mesmo.

    Perdeste a madrugada inteira pra fazer isso? Hum.

    O layout…. (rs) o mais lindo que já vi tbem.

    Sempre é bom fazer as coisas do jeito que a gente se sente bem…

    Post do tostines.

    É uma pena que nossos governantes percam tempo com tal tipo de coisa. A educação precisa de reformas profundas, pq em partes, há muita razão no que o tal politico diz: temos o maior índice de analfabetismo funcional, ou seja, a pessoa lê e escreve, mas não entende, não interpreta, não sabe o que está lendo, na verdade. Isso se dá com professores, advogados (muitos….muitos), médicos, estudantes de uma maneira geral, enfim, o analfebetismo existe, rs…. LULA… é um deles, analfabeto completamente funcional. (coitado), nosso maior e melhor exemplo. (ah…e vai ganhar as eleições), justamente pelo nosso efeito tostines.

    Post de onde viemos? para onde vamos?

    Uma das coisas que sinceramente não me fazem perder tempo em pensar.

    Terra Nova?

    É com isso agora que vão “enganbelar” a cabeça do povo? fazer com que os seres intelectuais fiquem horas e horas divagando e pensando na possibilidade da nova terra!! E no que será feita com ela, caso seja mesma a grande descoberta do século.

    Simples…. muito simples….caríssimo:

    TODOS OS AMERICANOS SERÃO LEVADOS PRA LÁ (não me pergunte como, pq a minha imaginação nao chega a tanto…..). Terão a melhor qualidade de vida nunca encontrada em lugar algum, e serão felizes pra sempre! Simples…. muito simples…

    O resto da humanidade? Eu, você, nossos amores, filhos, pais, irmãos, amigos, cachorros, gatos, papagaios, peixes, (meu micro… e o seu tbem….)…. nossa vida…..(ó que crueldade)… seremos exterminados pela bomba super atômica e fim. Viu só? Pra onde vamos?!

  4. Claudio disse:

    Eu lia muito seleções no passado. Depois fiquei sem ler e perdi o hábito. Mas, por você ter indicado, vou ler a matéria sim.

    abs e obrigado pelas visitas lá no JCF.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: