o mundo de beakman é aqui

Segundas são péssimas pra mim, são sim. Por isso não esperem algo engraçadinho nos meus textos, procurem por algo bacana mesmo nos comentários. Os leitores desse blog são muito mais inteligentes e espirituosos que eu, diria que por sorte eu estou para Lester assim como os meus leitores estão para Beakman. Whatever.

O porta-voz da sabedoria, o destruidor de mitos, o elucidador de mentes. O primeiro, o único, oooo… Beakman!!!

Para quem não sabe, o Beakman é um cientista que explica como as coisas funcionam. Ele é muito inteligente e já teve várias assistentes maluquinhas, de todas elas a dona das caretas mais engraçadas foi a Josie. Se o Beakman explica como as coisas funcionam, vou lhes dar uma amostra de como são feitas algumas leis.

Entretanto, antes de falar de leis preciso dizer que eu não acredito na liberdade sem fronteiras, acho que o ser humano não esta pronto para tal responsabilidade, ele simplesmente não evoluiu para dar conta do recado. Acredito que para regular uma sociedade, precisamos de sistemas de leis que regulam e punem os desvios a que estão sujeitas pessoas livres. Não vou agora discutir o cumprimento ou não das leis, bem como sua eficácia ou coerência.

Obviamente que todos somos contra censura, (salvo alguns eleitores de certos partidos) mas poucos aceitam estarem na internet sujeitos as leis assim como na vida real, principalmente no que diz respeito aos nossos blogs. Isso por si só é um instrumento regulador de conduta e isso muito desagrada a muita gente, mas não a mim.

No mundo virtual, estou acostumado a me deparar com gente desagradável incapaz (por falta de capacidade intelectual mesmo) de escrever uma critica inteligente sobre algo que não goste. Muitos estudantes que se no mundo virtual são capazes de tamanhas grosserias, no mundo real deveriam ter suas bocas lavadas com sabão de coco. Nem me atrevo a usar a expressão “com nível universitário” porque no brasil a estúpida maioria das universidades só fazem vomitar analfabetos funcionais. Ler é muito diferente de assimilar e no caso desse texto em particular, tomei os devidos cuidados para tornar a assimilação ainda mais difícil.

Eu não gosto de blogs anônimos, não gosto de gente que se esconde atrás de pseudônimos para publicar qualquer coisa mesmo que sejam suas poesias. Freqüento um ou outro, blog de signatários anônimos, mas são os mais inofensivos. Assim como nos textos de blogs anônimos, comentários feitos por anônimos também perdem a legitimidade. Fala-se o que quer sob o manto do anonimato na clara busca pela impunidade.

Apesar de não gostar de anônimos, defendo o direito de assim permanecerem enquanto inofensivos, pois na pratica caberiam aos leitores dar-lhes crédito ou não. Além do mais, a internet dispõe de recursos tecnológicos para, desde que amparados pela justiça e não como fizeram alguns ex-ministros com sigilo bancário alheio, quebrarmos qualquer anonimato quando se fizer necessário. Ir contra, em minha opinião é anarquismo.

No que tange as leis, são elaboradas e sancionadas pelos poderes executivos e legislativos e ao judiciário cabe a fiscalização e as garantias de cumprimento. A grande ironia fica a cargo de não serem, como seria de esperar, mandatários das casas do legislativo e executivo os maiores preocupados com o anonimato na internet. Os maiores preocupados com o pseudo anonimato internéctico são quem diria os cartórios digitais, ou empresas de certificação digital, como são mais conhecidas.

O responsável pelo projeto (mais aqui e aqui) que será votado na próxima quarta-feira pela Comissão de Constituição e Justiça é o ex-governador de Minas Gerais e atual senador da rebuplicapocotó, Eduardo Azeredo do psdb (eduardo.azeredo@senador.gov.br).

Leiam trechos da matéria.

Os usuários teriam de fornecer nome, endereço, número de telefone, da carteira de identidade e do CPF às companhias provedoras de acesso à internet, às quais caberia a tarefa de confirmar a veracidade das informações.
O acesso só seria liberado após o provedor confirmar a identidade do usuário. Para isso, precisaria de cópias dos documentos dos internautas. (…) O presidente da ONG Safernet diz que, por trás da identificação e da certificação prévias dos usuários da internet, está o lobby das empresas de certificação digital, espécie de cartórios virtuais, que atestam a veracidade de informações veiculadas pela internet.

Correndo o risco de ser repetitivo, e eu sou mesmo, já dispomos de recursos tecnológicos para quebrar anonimatos, caso a justiça ache necessário. Além de ser desnecessária à internet, essa nova lei tem por objetivo somente atender interesses privados de um lobby de empresas.

Entendem porque no brasil, mas não só aqui, algumas coisas acontecem, outras não?

06/11: Acho que vocês gostarão de ver, ou rever, a abertura do Beakmans’s World. Aproveitem dêem uma espiadéla nesse trecho, conheçam o Lester e me digam se tem maneira melhor de ensinar ciência básica para crianças (e para alguns adultos também). As caretas da Josie são ou não espetaculares? Esse outro aqui também é bem científico, duvido que você nunca tenha feito.

Anúncios
Publicado em brasil, internet, política
41 comentários em “o mundo de beakman é aqui
  1. Chris disse:

    Ai ai ai, sempre me divirto quando leio seus textos. Mesmo quando eles são sérios. É que eu acho muita graça o jeito que você já avisa: olha eu não estou num bom dia hoje… hehhehhe

    Muito bom o post, como sempre, eu uso o meu segundo nome, mas é pra me esconder de gente que me conhece e não do que eu penso. O blog é um lugar livre, onde eu escrevo o que eu quiser, então uso só o Chris de Christine, para evitar invasões que sofri no passado, quando ainda usava o Ericka Chistine…. fora que Chris é mais simpático e menor.. heheheheh

    Agora, anonimato pra ficar enchendo a vida dos outros além de feio é muito covarde. Muito fácil ser imbecil se escondendo atrás da inexistência.

    Uma linda semana pra ti!

  2. Caio disse:

    Pra começar, acho que a internet precisa de uma revolução. A mídia a mostra como um antro de perdição. Um puteiro virtual. Somente números, 0 e 1. Somente mentiras.
    Acho que existem coisas que a salvam, como, por exemplo, os sites pornôs e os blogs legais como os seus. O primeiro é mentira, o segundo é verdade.
    Apesar de ser um CRTL-C (V) descarado, é verdade. Gostei do seu blog, e é felicidade que sinto ao ler um post como o seu.
    Domine as palavras, e vamos tentar mudar um pouco o que as pessoas acham desse lugar.

    weeeeee sou tonto!

  3. Claudio disse:

    E você ainda me diz que não é espirituoso… texto 10, como sempre.

    Hoje também não estou de bom humor, meio gripado (acho que é isso). Amanhã vou tentar escever um post mais pra cima.

    abração

  4. Dono do Bar disse:

    Concordo em parte. Já sofri ataques de colegas de trabalho, de forma anônima, e isso me causou problemas sérios. Justamente por assinar com meu nome e divulgar aqui em minha cidade. Quem trabalha com política está sempre exposto a esse tipo de coisa, mesmo dos próprios companheiros. Ou você acha que dentro do partido tudo é beijos e abraços? Pretendo, baixada a poeira, voltar a usar o meu nome, ou melhor, só o primeiro.

    Um grande abraço e obrigado por visitar o meu blog, mesmo sendo anônimo e no IE.

    DB.

  5. Pedro disse:

    Certo, certo,

    Se você é o Lester, eu sou o Art, lembra do “cozinhando com Art”? HAHAHA, eu adorava aquela abertura com a baratinha de borracha.
    Bom, já nem falo mais da qualidade dos seus textos, se não um dia vc começa a se achar(…rs) brincadeira.
    Mas falando sério, lobby de empresas, e povo burro pra endossar os argumentos dos “lobistas” sempre vão existir.

  6. Lino Resende disse:

    Não é só nas universidades que temos analfabetos funcionais. No Congresso, eles pululam (gostou?). E no caso do projeto que você relatou, acho meio non sense pedir a alguém que tenha uma pré-aprovação para entrar na Internet.
    Na verdade, no imenso cartório que é esta república, nada mais natural que um senador se renda ao lobby e busque a burocratização de uma das poucas coisas que funcionam de maneira fácil.

  7. Oi tudo bemn? Estou passando pra lhe desejar uma ótima semana, cheia de muita luz!!

  8. Valérie disse:

    Querido Beakman! (imitando a Rosie…)

    Beakman, ops Júnior, to sentindo uma certa votação desnecessária neste negócio. Sabe aquela coisa meio kit de primeiros socorros para o carro? Que deve ter havido alguém com um estoque imenso de ataduras com amigo no Congresso, senão não seria votada. Agora tem alguém vendo neste cartório virtual um bom negócio também.

    Cartório Virtual? É ruin hein? Eu tenho um IP fixo. Em todo lugar que eu comento, ligo e desligo o computador ele não muda. A empresa que fornece o serviço em Londrina tem todos os meus dados. Não posso nem pensar em anonimato. Posso tá falando besteira, mas se todos os IPs fossem fixos não facilitaria? Não seria mais interessante em deixar esta responsabilidade de identificação para os provedores? Em Lan houses poderia haver um cadastro local (acho que algumas já tem) e elas seriam inteiramente responsáveis, civil e criminalmente.

    Será que falei muita besteira? Viajei?

    Quanto aos Anonimos, não merecem nem que tenham seu comentário postado. O turminha ingrata e sem falta do que fazer. Ah, o Cardoso (http://cardoso.com) postou algo sobre anonimato também. Achei interessante.

    Beijocas

  9. marina disse:

    acho q todos acabam um dia comendo miojo!….rsrsrs

    beijos

    te mais

  10. Os comentários anônimos do meu blogue escondem canalhas e covardes.Eu sequer posso rebater acusações infundadas.A identificação na net é importante para não haver os crimes que estão havendo.Novamente os bons são punidos pelos maus. Para mim essa lei pode até passar mas não pega.Imagine se os portais que vivem do sustento dos internautas vão exigir isso tudo.Se essa lei passar eu cancelo minha assinatura do UOL e pronto.Em hipótese nenhuma deixo meus dados com desconhecidos e sem endereço para acioná-los.Se o projeto for isso mesmo.

  11. Lili Bollero disse:

    Ola. Ja leio seu blog há algum tempo. Ele me faz pensar em situações que nao estao tao explicitas no meu dia a dia. Gostei bastante desse post! Bom, minha opiniao? Bem, acho absurdo ser obrigada a dar dados que podem ser utilizados contra mim – pq sim com o numero do meu cpf, endereco, telefone, nome completo e etc etc, faz-se compras na internet, abre-se conta no banco – obviamente falsa! etc etc. O mundo é perigoso e isso, no meu ver, só aumenta o perigo pq alguem tera meus dados e alguem podera usa-lo ate mesmo para vender para empresas de spam. Por isso mesmo, nao uso no meu blog meu nome verdadeiro, nao estou no entanto me escondendo. Apenas nao acho vantajoso, e sim tenho medo, de q pessoas “do mal” utilizem para o mal tais informações, assim optei pelo meu apelido desde crianca… Agora, voltando a lei: acha mesmo que podera ser aprovada? Pq seria contraditorio, ao menos na minha cabeca… rs

  12. Clara disse:

    rs…. a-do-ro…. e assisto sempre que posso….!!!

    beijo

  13. Alequites disse:

    Melhor pensar no qdo faz bem poder trocar idéias, protestos, falar de desejos, de sonhos, de coisas tolas , de sonhos, etc.
    A tecnologia como quase tudo na vida, deve ser utilizada ponderadamente.
    Hoje, assinou Alê Quites, amanhã flor de lírio, depois de amanhã vento quente ou urso pequeno, talvez Pequena ou Shoes…Quem sabe!?
    Até mais, eu vivo bem em ter amigos que vieram de blogs, orkut ou coisas parecidas.
    Salve o que foi colocado na frigideira de hoje.
    Beijos

  14. raquel disse:

    junior, adoro esse teu blog.

    hoje eu me deparei com essa “novidade” que está pra ser votada e sabe quando vc pensa mas ao mesmo tempo deixa pra lá porque no fundo é meio surreal o que estão querendo fazer?

    sei lá, imagina se vc pra fazer um fotolog precisar fornecer teu cpf… e hoje em dia, como tanto spyware, tanto vírus, ficar espalhando pela rede os teus documentos? não rola.

    bem, fiz uma citação a vossa senhoria no meu humilde blog! um beijo!

  15. Chico disse:

    Oi,

    Isso é uma tremenda furada.. Na verdade, parece aquelas piadas de português.. Não faz o menor sentido vincular certificação digital a esse tipo de atitude..

    Os cartórios digitais virão com certeza, mas essa coisa brasileira de aproveitar toda e qualquer brecha para favorecer um ou outro grupo de comparsas me dá nos nervos..

    Tudo que for benéfico e trouxer segurança é válido, mas isso é um passo na direção errada.. Não vai funcionar e ainda por cima vai dar muita grana para a máfia dos cartórios .. Estes passarão a ter lucros mais virtuais do que nunca !

    Lembro do Beakman !!! Só faltou você falar do Kevin Arnold !!!

    Abraço,

  16. Carol disse:

    Segundas são mesmo dias infernais, né?
    Ainda mais com essa coisa horrorosa de horário de verão começando. Bleargh.
    Bjs!

  17. Flavia Sereia disse:

    Junior, pelo o que eu entendi, o provedor de internet iria CONFIRMAR a VERACIDADE dos dados cadastrais, pq por exemplo uma pessoa mal intencionada pode fazer um registro com numeros de documentos de outra pessoa, ai se no caso fosse feito um reclamação judicial, quem responderia seria o dono dos documentos, certo? Eu acho que um provedor de internet ja´confirmando pelo numero de telefone que é eu mesma que estou fazendo o cadastro, e não um mal intencionado, já é uma grande coisa.

    Também não gosto de comentarios anomimos, já sobre blogs anomimos eu acho melhor a pessoa usar um nick mesmo, pq o que tem de gente fazendo maldade com os outros na net não tá no gibi, já vi comentarem em blogs, falando mal, usando palavras de baixo calão e usando nomes de outras pessoas, e como já citou ai o Dono do Bar, se vc for conhecido vai passar pro muitos problemas, então o melhor é se manter no anomimato.

    bjs

  18. Junior, é uma delícia ler vc no início da manhã. Vou trabalhar. Depois volto reler.
    Adoro o sol, na praia. Mas, morro de medo de doenças do sol.
    Como vc acho que liberdade tem e precisa de limites. Precisa de responsabilidade para usufrui-la, mesmo com limites.
    Liliane de Paula

  19. cilene disse:

    Sou contra o anonimato para agressoes, descumprimento da lei, etc, mas se entendi seu texto..esse projeto desse senador parece coisa pre-historico..nao cabendo no mundo atual..mas os provedores devem sim se responsabilidados pelos crimes cometidos por seus usuarios…esse UOL por exemplo oferece blog gratis para o povo ofender, humilhar os outros, como aconteceu comigo..e eu sou assinante UOL…entao tudo tem limites…e a internet nao pode ser terra de ninguem…a lei tem que ser cumprida, as pessoas tehm

  20. cilene disse:

    respeitar os outros etc

  21. Lu Brasil disse:

    Eu assisto (ate bem mais do que gostaria) por causa do Lorenzo, mas acho que ele gosta mais das caretas haha.
    Quanto ao projeto, tô formando minha opinião ainda hehe, mas foi bom ler teu texto (afinal, tu és um formador de opinião, que nem a Carla Perez disse que era, hahah)
    Beijos.
    Ahm pode deixar que eu continuo me amando, tens msn?

  22. Matilda disse:

    Os tais cartórios virtuais, sei não, me preocupam…
    Enfim, contra a censura, a censura que se vislumbra por trás disso, já que as identificações são possíveis quando necessárias.
    Enfim, beijos, :).

  23. Beth disse:

    Ahahahahahahahaha!
    Na verdade, a “voz” do Beakman me enche o saco. mas as caretas são boas!!!!!
    A pele hj? OH CÉUS!!!!!! E please, diz a Bibi p/ aparecer. Tô mandando email direeeto p/ ela e nada!
    Um cheiro!!!!!

  24. Paloma Garcez disse:

    Ai, desculpa te contrariar haha mas eu detesto esse tal cientista. hahaha mesmo com as caretas da mocinha.
    Segundas sõ péssimas mesmo, acabou o fds, não é dia de fazer arte, gandaia, balada, sessão madrugada e derivados, e ainda por cima o chefe sempre está com maior cara de merda.]

    ai, mas hoje é terça, já estamos melhorando. hahaha

  25. Diana disse:

    Bom dia Junior….
    Falta muito pra podermos usufruir de
    liberdade….
    Aho que teriamos que zerar tudo e começar de novo….
    Improvável né…
    Bjs….

  26. Carla disse:

    Liberdade de expressão, sempre. E eu, como boa mineira, fico envergonhada com a atitude desse Eduardo Azeredo, que, como nós sabemos, tá até o pescoço de denúncias. Isso só vem significar uma coisa:mais dinheiro no caixa, deles, é claro. Bjus.

  27. Hummmm, provocar elogios é pecado, sabia né? hehe.

    Ainda não tinha lido o projeto, discordo de muuuita coisa, mas uma hora vão ter que dar uma geral na net, tem muita bandalheira na parada.

    Eu acho que você se expõe nos blogs, mesmo com nickname. Seu dia a dia, suas idéias, seu jeito de se expressar acabam transparecendo nos posts. O Orkut é mais invasivo ainda, já desorkutei faz tempinho.

    Tem que dar nota pro post? dez!

    Beijo grande

  28. DO disse:

    Junior

    Estou muito à vontade pra opinar sobre isto,pois meu provedor tem todos os meus dados.O que me assusta nisto tudo é o “vindo de quem vem”.
    Este desgoverno está ,a todo momento,tentando CONTROLAR. Uma hora são as armas,é o judiciário,o ministerio público,a imprensa e agora é a internet.
    A questão é complexa? Claro que sim. Se tivessemos um governo sem todo este passado/presente nebuloso,eu toparia entrar numa discussão sobre anônimos ou não.
    Mas,por principio,sou contra todo e qualquer tipo de censura.
    Qto aos anônimos,vc já bem o disse: o judiciario ja tem instrumentos pra descobri-los ,caso necessario.
    Abração!

  29. Tina disse:

    Oi Junior!

    Também não gosto do anonimato, por outro lado acho temerária a exposição total nos dias de hoje. O bom é saber que querendo (se necessário, óbvio) podemos rastrear o anônimo.

    Ótimo post (que novidade!)rs

    beijos querido,

  30. dani F disse:

    Como sempre mesmo não querendo vc é eloquente. Sou totalmente contra e tenho pavor de burrice, ainda mais virtual. tens toda razão na faculdade há muita ignorância,criancice,egos inflamados etc etc…
    Quanto aos anônimos..será que não é muito radicalismo não aceitar o anonimato? Mas aquele anonimato que pelo menos diz algo,pensa e interessa a alguém. Quando falastes personagens e tal, serviu a carapuça..pois, lá sou Faxina, não saio mostrando a cara nem fazendo albúm de fotografia via web..não me interessa que me conheçam, acho até exposição demais, é preocupante pois todos se passam por vc, todos são vc em algum momento neste mundo virtual…..sei lá..cada louco com a sua loucura…

    beijo e receitas quando sai alguma?

  31. Valérie disse:

    esqueci!!! Adivinha como estudei para física, química e afins??
    Todo dia as 16:30 no boomerang heheheh

    beijocas

  32. Luma disse:

    Achei besteira esse projeto. Veja se estou falando besteiras, porque essa não é a minha área; Já não somos identificados pelo ip? Mesmo ele não sendo fixo, em caso de necessidade, não bastaria uma ocorrência na polícia federal para um advogado entrar com petição para que a administradora da rede fornecesse os dados?
    O chato é a burocracia. Temos os meios, mas os fins que são difíceis. No caso das lan houses, é pedido documento e anotada a hora que a pessoa usou o ramal. Pelo menos aqui é assim.
    Alguns andam pela internet achando que é territória sem lei. Era porque a coisa está mudando. No caso dos blogues, ouvi dizer que estão querendo que a pessoa se identifique com documentação na hora de criar o blogue. A pessoa poderia continuar anônima perante os leitores.
    Muita água pra rolar, só sei que as pessoas têm que se responsabilizar por aquilo que escrevem.
    Beijus

  33. Amigão, não leio e muito menos linko blogs anônimos ou de gente que se esconde em apelidos. 😦
    Exijo todos os documentos em dia, segundo grau completo, fotos recentes, referências e faço questão que o(a) blogueiro(a) durma no serviço. Higiene íntima indispensável. 😀
    Só dou uma folga aos domingos, de 15 em 15 e olhe lá.
    Natal ou Reveillon, nem pensar.
    Faço teste psicotécnico, psicotrópico e principalmente teste do sofá.
    Aí sim, eu assino a carteira.
    E ainda dou tiqui-refeição, décimo terceiro e férias.
    Na Disney. 😉
    Abç!

  34. Lula disse:

    …e os ‘bandidos’ não encontrariam um meio de, com identidades falsas, usufruirem disso tudo numa boa?

    Foi a primeira coisa q me veio à cabeça.

    Nostradamus, me parece, disse que o mundo estaria no seu fim “Quando o certo parecer errado ou o errado parecer certo”.

    …e a ‘beren-rrena’, heim? Gostei do vídeo do Beakman e da expressão da Josie.
    Berinjela recheada!! Além da Your Soul, vc tambem vai me fazer engordar por aqui?

    Abraços.

  35. Flávio disse:

    Júnior, esse papo de censura na internet já tá michando… já retiraram o projeto de pauta no Senado, pelo que li. Mesmo assim, é bom ficarmos atentos… sempre pode voltar! Abração

  36. Evilasio disse:

    Você foi muito fundo nessa, Jr. Caramba… Beakman…. Quando eu era criança, e ainda assistia a Cultura… Era espetacular assistir aquele maluco de cabelo espetado ensinando ciência de um jeito louco, com uma mulher chata e um rato hilário…

    Essa história do governo querer burocratizar a internet, eu não sei não… O cara simplesmente pode usar um laranja pra conectar a net, e vai continuar fazendo besteira. Essa história de que a polícia vai olhar e ir atrás é balela. A gente liga pra eles qdo precisa e nem vêm, quanto mais por net… 😛

  37. deia disse:

    Esta frigideira tá sempre quente, mesmo no dia em que fala que não tá bem, escreve um post deste, meu Deus.Nem vou elogiar muito pq é lugar comum.
    Não gosto de comentários anônimos, mas quanto a nicks, até acho interessante, nunca adotei, mas algumas vezes me sentiria mais a vontade de falar alguns se usasse um, sou meio tímida, rsss
    Eu assistia quando passava na Cultura, nunca tive tv paga, ams curtia muito e aprendi algumas boas coisas lá, além de me divertir muito, o aventalzão verde é uma agressão aos olhos, heheheh
    Muitos beijos querido , hj quarta espero que esteja bem, senão vou passar aí pra te levar um doce bem gostoso, isso com certeza vai ajudar.

    Beijos,doces

  38. Douglas disse:

    Ridículo. Até onde eu sei o ip já dá uma certa identificação. Querem mais o quê? Posso estar falando porcaria, mas isso não seria por causa dos downloads, da indústria fonográfica reclamando? Seja como for, acho que não “rola”…

    Abraço.

  39. Marmota disse:

    Pergunta estúpida: vc responde a todos os cento e duzentos comentários registrados aqui? Hehehehe! Bom, isso só mostra o quanto você é admirado por aí, e isso é bem legal. O projeto de lei do Azeredo foi tirado da pauta, por excesso de críticas: programei um texto sobre isso pra essa madrugada, e botei um link pra cá, pra ampliar a conversa. 🙂

  40. Ellen disse:

    Bobeira, quem sabe com o tempo pense que não, mas agora acho bobeira, existem meios de se controlar, e não acho que seja fácil ser um anônimo, fazer qualquer grande bobagem e não ser localizado…
    Beackman era show, assisti muito quando passava na tv cultura, depois parou…
    Esta é a minha assistente Josie, e esse é o meu amigo Lester… ele é um rato, rs
    Beijo

  41. Marcia Kawabe disse:

    Eu adoro o Beakmam e o Lester. Depois deles também gosto dos Caçadores de Mito 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: