a bandeira e a independência

Essa semana roubaram a bandeira do brasil lá do Parque da Independência. Eu que já achei vergonhoso a nossa embaixada no México não ter uma bandeira para dar a um brasileiro que por lá passava, veja que absurso.

Eu estive visitando o Parque da Independência no último 7 de setembro, na ocasião a Bianca me viu chorar de tristeza ao ver o descaso com que é tratado o Monumento a Independência, ás margens do Córrego do Ipiranga. Só pra citar uma das coisas deprimentes, nenhuma das espadas do grito estava inteira, horrível. Elas foram roubadas a 6 anos e me espanta que até hoje não se tenham providenciado os reparos. Fico imaginando os turistas internacionais rindo da nossa ceda da independência. Sem falar do fato de não terem tirado a oxidação nem para o 7 de setembro.

Aos diabos se aquela cena é verdadeira do ponto de vista histórico ou não. Se hoje somos soberanos ou não. Ela é a cena que representa a nossa independência, um dos momentos mais importantes da nossa história. Acho que tudo o que envolver esse momento merece algum respeito. Nesse mesmo dia a caminho do parque, parei para fotografar o mastro da Praça da Bandeira sem bandeira. Mal sabia o que me esperava no parque.

Agora lendo a notícia eu não fico tão indignado com o roubo em si, não fico me perguntando os motivos que levariam a roubarem essa bandeira que nova custa 800 pilas, pocotós roubam de tudo. Ficam falando da roubalheira dos políticos pra justificar as suas, como se a roubalheira deles de alguma forma, tornasse as suas menos imorais. Roubar então, se tornou banal.

O que me salta aos olhos são as linhas no entorno da notícia, eu me pergunto:

Como conseguiram roubar a bandeira nesse parque?
Como esse parque não ter as imagens das câmeras armazenadas?
Como assim “vão tentar” conseguir outra bandeira antes do dia 25?

Sinto vergonha das respostas que encontro.

Mas aí sempre aparece alguém dizendo que se não conseguimos dar saúde, educação, alimento, blá blá blá, como vamos gastar com a segurança e manutenção do parque? Amigos, a minha cabeça não funciona assim, na minha cabeça não darmos valor a nossa história e seus símbolos é meio caminho pra sermos elevados a categoria de macacos, e como macacos até que vivemos bem por aqui.

Onde está a nossa memória? Cadê nosso sentimento patriótico e soberano? Cadê nossos sentimentos de superioridade moral que faz com que tantos odeiem os “estadunidenses”? Justo eles que tem no seu feriado da independência um dos dias mais festejados do ano?

Sabem o que eu acho? Que nós não temos umbigo.

Leitores incautos que topam vez ou outra com o teor dos meus textos podem até pensar que eu não gosto, ou não tenho orgulho do brasil. Não é isso, já disse aqui que eu não gosto e não tenho o menor orgulho do que o brasil é hoje, mas sim da potência que o brasil poderia ser. Alguém arrisca dizer o que falta para isso acontecer?

Update em 11/01: O problema é que o cabo de aço custa 3mil, o brasil não tem dinehiro pra manter suas bandeiras asteadas, logo astearão uma outra, de outras cores.

Anúncios
Publicado em brasil
59 comentários em “a bandeira e a independência
  1. Julia disse:

    Eu so digo que vou morar no estaites heheheheheheporque por aniversario da independencia deles é super super super festejadoooooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Kaya Barros disse:

    Oii Junior! HUm, como que foi o reveillon?? 🙂 Já tava com saudade das suas “ranzinzices” hehehehehe!! ó, to passando aqui pra te convidar pra inauguração do novo visual do meu blog! O ruim é que ele só está sendo completamente visualizado no internet explorer e não no Firefox… Aguardo sua visita! Grande beijo =***

  3. Lino Resende disse:

    junior:
    Nunca, neste país, como diria no noço líder a história foi tal deixada de lado. Este não é um caso novo. Aliás, é bem antigo. Parece que nós, brasileiros, não conseguimos olhar para tras e ver que temos símbolos e devemos nos orgulhar deles.
    Realmente, você tem razão. É triste ver este descaso.

  4. Chico disse:

    Rapaz,

    Peraí…

    .. o joelho tá um caco.. mas umbigo eu tenho !!!

    O estrago no meu joelho foi, em parte, culpa do descaso com o maior ponto turístico de Fortaleza. O calçadão da Av Beira Mar foi reformado há pouquíssimo tempo, e mesmo assim, algumas partes do piso já foram pro espaço..

    Isso não acontece só em Sampa.. Pocotó é um estado de espírito já presente em todas as cidades do nosso Brasilsilsil…

    Abraço,

    Outro

  5. Dricota disse:

    Eu não sei se dou risada ou choro!

  6. Suzy disse:

    Junior, sua ajuda é preciosa! É agora ou nunca! Precisamos da ajuda de todos! Nosso objetivo:
    melar o projeto do Lula em fazer o presidente da Câmara e assim impedi-lo da prática autoritária em intervir cada vez mais vergonhosamente no Legislativo, e sempre com objetivos espúrios!!!! Nem Arlindo Nem Aldo!
    Vamos precisar de um nome melhor que esses dois.
    Vamos fazer blogagens coletivas, pedir apoio a todos os blogs que estejam de acordo com a idéia, vamos bolar um símbolo, vamos fazer com que outras mídias se engajem, ou pelo menos noticiem.
    Conto com você! Vamos partir para a ação!
    Detalhes:
    http://alkimistasdobrasil.blogspot.com
    http://http://andrewernner.blogspot.com/

  7. NEGÃO disse:

    Dar valor aos nossos símbolos nacionais? Você acha que o esponja analfa sabe o que é isso? O negócio é bolsa família pros probis, tá?

  8. Vandalismo é falta de educação.Agora, eu concordo que na embaixada não se dê bandeira para quem vai lá pedir.Afinal, se der para alguém eu também quero.Quem quiser bandeira que vá comprar. Por isso roubam uma bandeira em um monumento.Esse pessoal acha que o que é público não tem dono.

  9. Hugo Sousa disse:

    Antes de mais queria dar-lhe os parabéns pelo blog, está muito interessante, quanto a este post, temos aqui pano para várias mangas, como já deve ter reparado eu não sou brasileiro, mas sou um grande admirador do Brasil e do seu povo, e realmente uma das coisas mais importantes de um pais é a sua história, e devemos defende-la e preserva-la a todo o custo, realmente o Brasil hoje não se encontra nos seus melhores momentos, mas tem potencial para ser uma das grades potências mundiais só lhe falta estrutura, e quem saiba estruturar.
    Abraço…

  10. Flávio disse:

    Júnior, mano, só pra vc sentir a falta de umbigo, aqui vai uma pergunta simples: o feriado é no dia 21 ou 22 de abril? 🙂 E olha que isso nem é do nosso tempo!… Bem vindo de volta, abraço grande!

  11. Valérie disse:

    Penso como vc Júnior.. É triste ver nossa história se acabando, sem os devidos valores. Parece que o brasileiro nunca precisou lutar contra nada. Não valoriza nada!

    Sinto um comportamento típico do pocotó, aquele que acha que todo mundo é obrigado a dar as coisas para ele. Não vou a luta para melhorar por que o básico dado j´pa tá bom… Triste isso

    beijocas

  12. Luciane disse:

    Júnior, querido, acho que a embaixada deveria pelo menos ter uma bandeira pra vender pra o nosso compatriota.
    Eu não sou muito a favor desses monumentos pomposos pra comemorar algo que não existe, mas não é por isso que vou ser a favor da depredacão. Já que eles estäo aí, têm que ser conservados. Sinceramente, não consigo entender o que tem na cabeca um abobado que rouba a espada do D.Pedro I? Leva pra casa e faz o que com a espada? Põe na estante da sala? Nem precisa responder.
    Bom fim de semana pra ti.

  13. jan disse:

    IIIII, Jú, nesse ponto eu discordo!
    Como um povo que não teve participação nenhuma no movimento de tornar o seu País Independente, pode respeitar a própria bandeira?

  14. Saramar disse:

    Junior, penso que é exatamente o contrário. O seu amor pelo país o torna indignado, não com ele, mas com aqueles que o desprezam tanto.

    Penso como você e valorizo demais as tradições históricas que formam nossa cultura. Temos o direito de exigir que suas representações sejam respeitadas. Porém, aqui o respeito só vai ao encontro dos aliados da roubalheira geral do país. Infelizmente.

    beijos

  15. cilene disse:

    Junior vc tem razao nada justifica esse roubo, nada justifica essa destruicao do patrimonio historico…sabe Junior..estou 100% com vc..vc conhece a historia da merendeira da escola que desvia a comida da crianca alegando que ganha pouco..isso la e motivo para se rouba a comida das criancas..ou auxiliar de enfermeira que tira o remedio do posto de saude…e por isso que o Brasil nao tem jeito..porque somos os que somos, gentinha de terceira…desculpe o desabafo…mas e isso que somos…

  16. Monica disse:

    Eu faço parte do time que não duvida de mais nada nesse país.
    ;**

  17. Tô cansado de ter que responder “Isso é Brasil” a cada nova indagação que me aparece. Essa podridão é cultura. Políticos fazem, cidadãos comuns fazem. Não digo que quase todos praticam tais agressões à nação, mas que tem muita gente nisso, tem.

    Cansa que sejamos (no modo geral) tão limitados de pensamento, de raciocínio. Claro que a uma pessoa que morre de fome seria a última opção. Mas será que foi mesmo? A facilidade de roubar, de mentir, de omitir é tanta que tenho minhas dúvidas.

  18. Juliana disse:

    sabe o que eu acho? que ainda estamos longe de ser independentes de verdade…

    e linkei teu blog!

    beijo

  19. Lara disse:

    Como um povo que mal conhece sua história pode respeitar sua pátria? É realmente muito triste amigo!
    Passando para desejar um 2007 maravilhoso p vc!
    bjus

  20. Juninho, meu garoto… Já perdi as contas de quantas vezes já concordei com você. Incrível. Logo eu que adoro discordar…

    Roubar uma bandeira pra mim é novidade. Se eu fosse um pouco mais lúdico, eu falaria que “o cara é tão patrióta que não conseguiu ver a bandeira brasileira suja ao relento e resolveu levá-la pra casa para lavar e plastificar e devolver ao seu lugar”. Mas, infelizmente, não consigo ser tão iLúdico assim.

    Eu moro em Santa Cruz, bairro da Zona Oeste do Rio que foi fundada pelos padres jesuítas e posteriormente se tornou sede da casa de férias da família real portuguesa. Os tais Jesuítas fizeram um sistema de barragens super moderno para a época com o objetivo de criar uma grande plantação de arroz na região e armazenar as águas do rio Guandu – rio este que hoje abastece 80% de toda a capital carioca. A tal construção ficou conhecida como Ponte dos Jesuítas e é uma das mais importântes contruções histórias do Rio. Pois bem, depois de toda essa aula de história do bairro de Santa Cruz, enfim eu falo o que queria:

    Em 2004, se eu não me engano, bandidos roubaram as pedras de mármore talhadas à mão e com inscrições da coroa real portuguesa que serviam de sustentação da ponte. Cada peça pesava algo em torno de uma tonelada e segundo especialistas, era de grande valor. Agora, como eles conseguiram fazer isto? Não sei, mas brasileiro que é brasileiro não desiste nunca. As peças acabaram sendo reencontradas mas até hoje, não voltaram para o lugar. Esse fato foi noticiado nos maiores meios de informação do país.

    Ou seja, roubar uma bandeira não é nada se for comparar. E se lembrar que mesmo depois de terem recuperado as peças, mais de 2 anos depois, ainda não as recolocaram no lugar é pra ficar bravo. É descaso dos bandidos e dos governantes.

    É por isso que eu digo, eu tenho orgulho do Brasil, mas não dos brasileiros. Uma vez uma professora de geografia disse que nos EUA os carros andavam com adesivos que diziam: “quer salvar a Amazônia, liberte-a dos brasileiros”, ou algo assim. Na boa, apesar de achar que a Amazônia é nossa, estou começando a concordar com eles…

    Em tempo: você foi convocado. Dá uma olhada nesse link http://noelnetblog.blogspot.com/2007/01/mem-da-vez-5-besteiras-que-me-irritam.html

    Abraço cara!

  21. Oi Júnior, tudo bom???
    Voltei das férias… agora ficarei mais presente nos blogs.
    Vc tocou num assunto muito triste e difícil de conseguir respostas. Fica só isso mesmo…tristeza, vergonha…

  22. Natália disse:

    Triste isso. Mas ainda acredito no Brasil, ou melhor, em parte do Brasil e grande parte dos brasileiros. A velha esperança, né? Beijos!

  23. aninha-pontes disse:

    Júnior querido, isto só uma questão de educação.
    Um país sem lei, sem alguém que tenha valor e o comande.
    Que facilite sim a educação e a cultura. Que tenha moral para exigir do povo, respeito às coisas da nossa história e da nossa memória.
    lamentável né?
    Beijos

  24. A desculpa ou a aceitação do roubo não convence pq as verbas são individuais para cada setor/secretaria/ministério. Não faço questão de bandeiras, mas me preocupa o descaso com roubo e violencia. E roubar, qualquer coisa, é violencia.
    Liliane de Paula

  25. DO disse:

    JUNIOR

    A verdade é uam só: qdo pensamos que atingimos o fundo do poço,descobrimos que ele tem subsolo.
    É o fim este país!!
    Abração e perdoe-me pelo sumiço,mas as coisas aqui em casa estão muito complicadas.

  26. Jr.,o que devem fazer com a bandeira roubada ? 😦
    Uma canga ?

  27. Paulo1911 disse:

    Foi em 1947 que Vasco da Gama, marinheiro português, descobriu o Brasil. 610 anos depois ainda há muitos que não querem ou não trazem no “sangue” a Bandeira do Brasil. Trarão o portuguesa?
    Um grande abraço, desde POrtugal
    Paulo

  28. Aldemir Silva disse:

    Junior, não me orgulho do Brasil. Queria ser pelo menos um pouco patriota (Bom, eu já fui Anarquista), mas não consigo.

    Nossa história explica o porque somos o que somos hj. Até mesmo a própria independência, que não foi uma coisa a ser tão comemorada. Somente ganhamos um nome, mas politica e economicamente continuamos submissos a coroa britânica. Lembra?

    Mas queriam que o povo festejasse, mesmo na miséria.

    Pois é amigão. Não me choca ver uma bandeira roubada ou simbolo nacional difamado. A história me mostra que sempre fomos assim.

    Eu não nunca assisti um desfile de 7 de setembro. E nunca irei…

  29. Pelo contrário, pelo seu post eu percebo que você tem muito orgulho do Brasil.

    Só que, infelizmente, valores como patriotismo e civismo se tornaram símbolos do período da “ditadura militar” e hoje tudo que lembra amor à pátria é rechaçado. Essa é minha explicação para à total aversão ao culto ao símbolos pátrios que verificamos hj no Brasil.

    “Moral e cívica na escola? Cantar o Hino Nacional na escola? Pelo amor de Deus, isso é coisa da época da ditadura”

  30. Tina disse:

    Isto é brasil….(B minúsculo mesmo). E pensar que a gente estudou para fazer desse um grande país.Tempo a recuperar. E eu já desfilei numa parada de 7/9.

    beijos querido, post para variar: The best!

  31. Santos Passos disse:

    O Brasil perdeu sua coesão social. Estamos em queda livre. A vida em sociedade está se tornando impossível. Qual será o fundo do poço?

  32. Querido, do jeito que as coisas andam, qualquer dia vamos acordar com a noticia que roubaram o Cristo Redentor e ng viu!

    um beijo

  33. Iza disse:

    Eles SÓ vão arrumar a bandeira porque ela cada ano é doada por alguma empresa. Se dependesse do governo ficaria como as espadas.

    Eu diria que tenho orgulho do Brasil e da história ‘dele’, mas não tenho o mínimo orgulho dos brasileiros de hoje. Esses sim, tem umbigo. E só se preocupam com ele!

  34. Luma disse:

    Poizé, no Brasil falta competência até para roubar. Arruaceiros sem mãe e sem pátria que fazem essas coisas.
    Aproveitando o embalo do Romullo (Noel), tem dever de casa pra você lá no luz!
    Boa semana! Beijus

  35. Roby disse:

    Oiê Juninho…
    Mas que absurdo isso hein??
    Contando ninguém acredita…e eu não sou louca
    de contar coisas deste gênero para amigos meus aqui..rs
    Morro de vergonha.
    *
    Aquele megaaaaaaa upa Juninho…
    Tudo de bom neste 2007 procê e a Bianca.

  36. Carla disse:

    O que será de um país sem memória, jogado ao completo descaso? Vc sabe bem a resposta, assim como eu. É de envergonhar qualquer um.Bjão.

  37. Pedro disse:

    É meu caro,

    Poderiamos ficar discutindo por horas o descaso do povo e do governo com a nossa história, falando das fontes do problema e de possíveis soluções que levariam gerações pra mostrarem resultados, mas não quero falar disso, pelo menos não agora.
    Vc sabe que tenho meus motivos para estar assim ausente dos comentários aqui no do frigideira, o que vc não sabe é que eu to com saudade (chhh… num fala isso pra ninguém, num posso dar a impressão que to com saudade de um homem…rs), dos seus textos.

    Falow, abraço

  38. Ana Paula disse:

    Brasileiro tem umbigo sim, Junior. O problema é que cada um dos 190 milhões tem um umbigo individual, só quer saber de si. O que não existe é um umbigo coletivo, Brasileiro, que defende o todo, e não as partes apenas. Isso é que falta.

  39. Jacque disse:

    Quando me lembro que na europa é tudo relativamente bem cuidado e que aqui é tudo muito bem largado…
    Outro dia assisti a uma entrevista (não me lembro onde e nem quem disse) no qual estavam falando do hino nacional e citaram a frase como sendo uma praga: “Deitado eternamente em berço esplêndido”.
    Essa frase é mesmo uma praga!
    O seu amigo Santos Passos, no comentário que fez aqui, disse: “Qual será o fundo do poço?”. Acho que ele é otimista, pois ele acha que o poço tem fundo; eu acho que o poço não tem fundo!
    Temos umbigo sim, o que não temos é consciência, memória, enfim, não temos cérebro, pois vem eleição e sai eleição e todos continuam lá e o povo…
    Beijos.

  40. paty disse:

    Sou da torcida dos indignados, dos perplexos com tudo quanto há neste nosso país. Parece que estamos vivendo numa terra sem lei. Também creio que somos um povo sem umbigo, sem raízes, sem memória.Triste, muito triste!Beijos

  41. Cara, q legal perceber q ainda tem pessoas q se incomodam com essas coisas. o Brasil é bom (pra caramba!) e merece respeito!

  42. Katia disse:

    Passo pelo monumento, no ano letivo, todos os dias da semana e vejo inúmeras pessoas fotografando o bendito e admirando as quinquilharias da nossa história naquele museu ao lado tão bem conservado. Nenhum deles deu falta de nenhum artefato, a maioria sequer sabe os acontecimentos que sucederam para o feito. Não é à toa que o roubo não tem urgência de ser reparado. O nosso país já tem muitos turistas comprovando que meros detalhes podem, sim, passar desapercebidos. Aqueles que vem de fora também não perceberão a falta, decerto.

  43. Dono do Bar disse:

    O que falta para o Brasil “acontecer”? Certamente não é a reposição da bandeira no monumento do Parque da Independência. Acho que isso não será deleite para os meus olhos, nem os seus, brother. Quem sabe para nossos netos? E veja que eu não tenho nem filhos, que dirá filhos deles!

    Virei um pessimista, pronto!

    Abraços.

    DB.

  44. Evilasio disse:

    Vergonha, né, cara.. Um país q n valoriza e cuida de sua história não pode reclamar do seu futuro… 😛

  45. Diana disse:

    Boa tarde….

    Ainda falta acontecer muito…
    Boa semana…
    Bjs…

  46. Oi Junior,

    Só mostramos nosso “patriotismo” de 4 em 4 anos na Copa do Mundo e esquecemos de votar com seriedade naqueles que vão nos representar. O que falta? é saber usar nosso potencial.
    E tenho dito!! rsrs

    Beijos

  47. Bruna disse:

    A gente tem umbigo sim, e é por isso que dói. 😦

    Beijos.

  48. disse:

    Daqui um pouco .. colocam um boneco de posto como “pendão da esperança” … tô te dizendo! rsrsrs
    Beijo

  49. Letizia disse:

    Adorei seu blog, vou linká-lo!!!

    Interessante vc falar do “umbigo”. Não entendo como as pessoas conseguem ao mesmo tempo não olharem para seu umbigo e olharem só para seu umbigo… rs

  50. Tem certos textos que você escreve, que não tem mais o que ser acrescentado. Esse é um deles.

    Beijos Jú.

  51. Dono do Bar disse:

    Sim, quando formos invadidos pelos f.d.p dos americanos.
    Abraços
    DB.

  52. Dono do Bar disse:

    Sim, quando formos invadidos pelos f.d.p dos americanos.
    Abraços.

    DB.

  53. Carol disse:

    Pensa que na comemoração da ONU no ano passado tb tiveram que trocar a bandeira porque a corda estava arrebentada… tsk tsk tsk. Acho que as pessoas não levam mais certas coisas a sério.
    Bjs.

  54. Alê Quites disse:

    Bom final de semana.

  55. Saramar disse:

    Além do dinheiro, falta dignidade, neste país.
    Sua frase no update é premonitória. Tremo ao pensar nisso!

    beijo

  56. dani f disse:

    PUTZ..E NÃO É QUE TUDO QUE TEM AÇO E FERRO ELES ESTÃO LEVANDO?
    LOGO AGORA QUE PARA FUGIR DELES..EU ME ENJAULEI..
    HAHAHAHA
    COLOQUEI GRADES NA JANELA, COISA DE BICHO SEU JUNIOR,MAS FAZER O QUÊ?
    ESTÁ É UMA SELVA TUPINIQUIM…
    BOM FINDI
    BEIJO

  57. Tina disse:

    Provavelmente quando mudarmos de “dono”…

    beijos querido, ótima semana!

  58. stefany oliveira dos santos disse:

    Em termos de soberania somos sem sombra de dúvida um país politicamente independente,coisa que nos foi legada pela descendência de nossos colonizadores com influência incontestável da maçonaria,além de outros setores da vida nacional à época,portanto à nossa independência política como nação livre e soberana de seus destinos de meu ponto de vista creio que não há dúvida nenhuma,mas que em minha opinião confundem soberania com independência tecnológica e industrial.!!!!!!

  59. mih disse:

    mau nada a ver com eu eu queru seus burros!..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: