Tá bom pra Voce? Pra mim tá.

Lendo e conversando com pessoas inquietas como eu (ou habitadas, como diz a Bianca), sempre encontro críticas ao governo, principalmente ao lula. Outro dia estava lendo num blog uma critica ao lula por não ter repassado a grana que tinha prometido aos municípios. Com isso prefeitos corriam o risco de perder os cargos por não conseguirem prover o transporte que levaria estudantes da zona rural até as escolas, ou alguma outra bobagem desse tipo. Epa, bobagem, como assim?

Bobagem sim, eu explico, esses prefeitos apoiaram o lula, os estudantes e/ou seus pais votaram no lula. Até porque, usando o discurso dos próprios eleitores do lula, quem não precisa de buzão grátis é elite, e esta não vota no lula, não vota a favor do povo. Então esse assunto é uma bobagem, certo? Ainda não entenderam?

Vou fingir que sou paciente. Os pobres diabos votaram no lula pra ganhar buzão grátis e outras coisas grátis. Agora não ganham algumas delas, ou seja, o lula funhanhou os pobres diabos. E daí? Quem mandou votar nele? Agora agüenta, ou eu que não votei no lula tenho que pagar o pato sozinho e ainda por cima ficar falando “coitadinho do pobre diabo.”!?

No final do ano passado, época de natal, apareciam aqui na porta dezenas de garis, entregadores de panfletos, leitores da sabesp, um verdadeiro exercito de pedintes de caixinha de final de ano. “Moço, eu entrego o jornal de santo amaro di graça aqui, não tem uma caixinha de natal?” Eu todo sorridente ia perguntando: “Em quem o senhor votou? No lula né?”, a resposta dos caras vinha sempre efusiva: “Claaaro, no lula”, a minha resposta era um chute no saco dos caras, “Então queridão, vá pedir a sua caixinha de natal pro lula”. Rá rá rá, eu me diverti muito, e talvez tenha garantido meu lugar no inferno.

Mas outro dia eu estava ouvindo a mulher histérica reclamar do posto de saúde público, que aquilo era um desrespeito com o pobre diabo, blá blá blá… o clímax da conversa foi quando ela disse no rádio que a elite já tinha garantido seu lugar no inferno por oprimir e explorar tanto os pobres diabos (ta ela não disse assim, mas é assim que eu ouvi). Puta merda, eu pensei.

Passei anos pagando imposto recolhido na fonte sem conseguir restituição. Somava ao final de 1 ano o valor de um carro popular em imposto de renda descontado no meu holerite, sem ter como sonegar. Um carro heim, pensem nisso. E daí? E daí que o pobre diabo não tem IRRF; E daí que eu nunca usei um posto de saúde público (toc toc toc na madeira), nunca recebi leite de graça, nunca peguei remédio grátis do governo, nunca ganhei casa e tudo mais. Sempre paguei pros pobres diabos receberem isso de graça, paguei um carro popular da época por ano. Quer dizer que eu os oprimi e mereço um lugar quentinho no inferno? À merda, isso eu consigo sozinho.

Podem até dizer que o pobre diabo paga imposto embutido quando compra produtos no supermercado, na farmácia, blá blá blá, mas a maioria dos produtos que ele compra tem carga de impostos menores do que os que eu compro, pois eu compro mais superfulos que ele (tão vendo como eu sou perverso), até aí eu pago mais impostos que ele. Eu tenho carro, compro gasolina pelo dobro do preço por causa de impostos, ele não. Pago ipva pra andar em avenidas esburacadas, talvez porque meu ipva vá para os que andam de buzão e não para arrumar o asfalto.

E ainda dizem que a classe média, que agora vem sendo chamada de elite oprime as classes menos favorecidas. Oprime ou paga pelos serviços públicos que ela recebe? Alguém ainda questiona que a classe média carrega o país nas costas? Quem paga os bolsa família? As bolsas são feitas com o couro da classe média.

Deve ser por falar coisas assim que eu sempre recebo mensagens me chamando de arrogante, racista, insensível, elitista e até filho da puta (adoro esse último, até a dona helena se diverte, ou alguém conhece um filho da puta chamado Junior? Eu e minhas piadas. Rá rá rá). Gosto sempre de lembrar-lhes, talvez eu seja mesmo tudo isso, talvez não.

Talvez as pessoas que me escrevem vejam os pobres diabos somente pela televisão ou pelo vidro do carro, ao contrário de mim que pago os salários deles todos os meses, sem descontos de IRRF. E é deles que eu falo, dos que moram aqui perto de mim, dos que vivem onde eu vivo. Não falo daqueles que estão abaixo da linha da pobreza. Mas tudo bem, eu sei que muita gente lá no fundo pensa como eu, só não acham certo sair por aí falando tudo o que dá na telha, eu mesmo, muitas vezes levei naba por não conseguir manter minha língua grande dentro da boca. (Mas eu falo mesmo, e daí?)

Mas e o lado bom? Taí, faço parte dos 80% da população que acha que 2007 tem sido um bom ano, segundo a pesquisa de um instituto de cabeções de pesquisa que nem lembro o nome, vocês devem ter visto na mídia.

Tem sido um ano bom. Além de a temperatura estar alguns graus acima da média para a época, o ar bem seco e poluído (isso é ótimo para os negócios), a macroeconomia vai bem. Inflação em leve alta, mas baixinha, contas públicas controladas, dívida pública em queda, comércio externo bem, obrigado. Consumo em recuperação e por aí vai. Mas de quem é a culpa? Do lula claro, afinal em macroeconomia ele segue a receita do governo fhc (ninguém consegue refutar isso), metas de inflação com banco central independente, uperávit primário para pagar juros e reduzir a dívida pública,controle de dívidas de estados e municípios,câmbio flutuante, blá, blá blá. Além de contar com a economia mundial numa excelente fase desde 2003.

Como eu poderia não achar que é um bom ano? Bobagem, só se eu fosse me apegar ao detalhe de que os investimentos em infra-estrutura não deslancham ou nos escândalos políticos, por exemplo. Mas os escândalos políticos não são tão ruins, isso é coisa pequena, se os políticos roubam, roubam o dinheiro que o governo tirou do meu bolso pra fazer às coisas que os pobres diabos precisam, e mesmo assim os pobres diabos gostam do lula, que passa a mão na cabeça dos Renans. Eu vou ficar puto?

Nem sei por que tanta gente reclama tanto, bobagem, pra mim tá bom, e olhando as pesquisas, parece que pro pobre diabo também.

Anúncios
Marcado com: , ,
Publicado em brasil, política
37 comentários em “Tá bom pra Voce? Pra mim tá.
  1. NEGÃO disse:

    Meu caro Junior, infelizmente é tudo uma questão de educação. Vocêe está 1000% correto, mas vai explicar isso tudo ao brasileiropocotó. Eles não entenderão uma vírgula do que você está dizendo, pois não têm o mínimo de alcance pra isso. Desconhecem os próprios direitos como cidadãos! É mais fácil acusar “as elites” por tudo, do que perceberem a merda que fizeram (re)elegendo um esponja analfa que se revelou tão comum e/ou pior do que os antecessores.

  2. Jr, já detestei mais o Lula, hoje não gosto e nem desgosto. Simplesmente não tenho afinidade, identificação e nem penso na existência dele. É mais ou menos a mesma relação que tenho com um outro Inácio, o porteiro fronteiriçi, com voz de Pato Donald do meu prédio.
    Mas o personagem “Dona Marisa” ainda me desperta alguma curiosidade… 😉
    O que ela pretende fazer com o rosto desse vez ?
    Quem é o desastrado cirurgião plástico dela ?
    Será que ninguém, nenhuma amiga dela dá um toque sincero ???? 😦
    E olha que eu sou TOTALMENTE A FAVOR de cirurgia estética e Botox, hein !!! Mas ela está parecendo um bicho bocudo, medonho e disforme do Muppet Show !!!!
    Desculpe o desabafo, amigão.
    Sei que Dona Mariza e o Lula lêem assiduamente esse blog, ele já até mencionou o Frigideira em um discurso recentemente, portanto, extendo as minhas sinceras desculpas aos dois.
    Foi mal, tá. 😦

  3. DO disse:

    Por posts como este é que eu gosto de vir aqui,JUNIOR.
    Vc cutuca e fala o que muita gente não tem coragem de dizer.
    Particularmente eu até entendo os motivos que a peãozada tem pra votar e idolatrar o Pinócchio. O que não engulo são as pesoas ditas esclarecidas. Enfim,este país é um grande circo,uma grande piada e,pelo jeito,continuaremos muito tempo sendo os palhaços desta corja toda.
    Bom final de semana a vc

    Abração!

  4. raquel disse:

    jujuca, eu vou discordar de vc!

    não acho que a situação que vivemos hoje, com tantos impostos que não são revertidos para nossa sociedade seja culpa do “lulalelé”, como vc gosta de chamar.

    nem a bagunça que vemos no senado.

    nem em lugar algum.

    eu sempre me pergunto: se fosse um alckmim da vida, seria diferente? eu acho que não, sinceramente… tenho quase certeza de que estaria tudo abafado, como sempre foi.

    enfim, bom fim de semana pra ti! beijoca!

  5. Evilasio disse:

    Cara, eu sinceramente acho que o Lula, apesar dos pesares, foi bom para o Brasil. Tem muito defeito (corrupção, coisa-e-tal) mas também houveram muitos incentivos e programas sociais que serão percebidos num futuro que dimunuirá um pouco as diferenças sociais. A questão do PROUNI, por exemplo, foi uma sacada genial. Tiro por exemplo um garoto que estuda comigo na faculdade, filho de uma empregada doméstica que nunca teria dinheiro para pagar uma faculdade. Ele tentou fazer vestibular para Direito, mas não conseguiu passar. Foi aprovado no PROUNI, e hoje estuda Direito em uma excelente faculdade particular (e cara) e é, de longe, o melhor aluno da sala. Um cara esforçado e que vai ter um futuro brilhante, graças a um programa do governo.

    Ele tava até com dificuldades pra ir pra faculdade por falta de dinheiro pra passagem, e como ele é extremamente querido, a turma se juntou pra pagar a passagem pra ele. Só que o governo agora dá uma grana pra quem é do programa. Melhorou e muito a vida dele.

    São casos assim que fazem com que a gente tenha esperança de uma melhora.

  6. Flávio disse:

    Magnífico, Júnior! 🙂 O seu post, bem entendido… a situação tá a mesma merda de sempre! O spolíticos comem, o slobbistas financiam… e a gente paga a conta! Abração, mano: bom fds!

  7. Fictícia disse:

    Dormiu com o pezinho destapado ?? hehehe!! ô, foi mal, brincadeira !!! É claro que o povo gosta dele, pois quem colocou ele lá ????

  8. Jac C. disse:

    Oi… vc nem me conhece, mas já passei os olhos por aqui.
    O tal do blog com tomates chegou pra mim tb e estou tentando seguir à risca o que o prêmio pede… blogs que lutam pelos direitos fundamentais do ser humano.
    Acho que vc se encaixa em tal definição e será citado, ok?
    Abraços.

  9. Claudio disse:

    As vezes penso que a gente, antes de votar para presidente, deveria votar para um povo novo. Na verdade a culpa dos Lulalelés, Renans, Rorizes, Bobs Jeffs e outros é totalmente nossa. Ou o povo deixa de ser burro logo ou nós vamos continuar nessa merda por mais tempo.

    É o “efeito Tostines” o povo vota mal porque é analfa ou é analfa porque vota mal?

    abs

  10. Silvia disse:

    Pois é… ele tá bem na foto. fazer o que, né??

  11. Bruna disse:

    Oi Junior,

    Pra mim o governo Lula não é nem bom, nem ruim. É péssimo…rsrsrs

    Beijos

  12. cilene disse:

    Dizem ate que ele seria eleito pela terceira vez…entao ta tudo bom mesmo..

  13. Junior, querido Junior, com uma aprovação de mais de 60% da população, nós não temos como reclamar. O jeito é deixar para lá. Minha surpresa hoje foi ouvir de um colega de plantão que ele faz parte desse 60%. Quase caio de costas. Não ligo mais.
    As invasões bárbaras é canadense, eu sei. De americano só tem a viagem dele na ambulância para fazer o tratamento “in my country”(risos)
    Preciso rever Amelie Poulain. Não lembro nada do filme. Só da rosto dela, no filme.
    Liliane

  14. Yvonne disse:

    Junior querido, é por essas e outras que eu me sinto um pote vazio de vez em quando. O que dizer? beijocas

  15. Claudio disse:

    Tem prêmio para essa frigideira no JCF.

    abs

  16. Bruna disse:

    Pois é Junior… nem sei o que comentar… risos…

    Pôxa, e eu quero ir pro inferno também, todos os meus amigos estarão lá… hehehe… melhor garantir o meu lugar.

    Abração.

  17. Luma disse:

    Teve épocas que sonhei com a morte do Lulla. Hoje não mais!! Imagina isso virando herói, mártir, salvador da pátria ou qualquer coisa desse tipo? Um pena nesse país existir tantos sonhadores. Boa semana! Beijus, Luma

  18. Evilasio disse:

    Migão, eu n sou muito a favor deste governo. Confesso que votei em Lula no primeiro, mas neste segundo votei em Cristóvam (e nulo no segundo turno). Não concordo com muita coisa que tem por aí, mas tenho q reconhecer certas coisas que mudaram. Eu não concordo que essa chance q o governo dá aos pobres, com o PROUNI e auxilios financeiros sirva unicamente para manter uma base de eleitores. Oras, se o governo ajuda é porque quer manter, e se não ajuda é incompetente. O que se pode fazer então?

    Abraços! 😀

  19. Carla disse:

    A gente sabe que existem coisas que são consequências de outros governos.
    Mas, apesar de tudo, continuo com a opinião de que aquele Lula nunca teve e não tem competência para governar um país.
    E pisadas na bola, como ele costuma dar, são lamentáveis e só servem pra gente ver, a cada dia, que tudo o que é ruim custa a passar.
    Bjo.

  20. Grande Junior,

    Bom, este post merece uma análise mais cuidadosa. Vamos lá. Você defende claramente a sua posição na sociedade e fala por si, o que é ótimo. Saber que você paga seus impostos e exige que eles sejam bem aplicados é uma grande virtude numa sociedade em que sonegar é a regra.

    Gostaria de falar dos ônibus “grátis”. Meu trabalho no Brasil incluía visitar comunidades rurais e estes ônibus “grátis”, que você coloca aqui de forma pejorativa, era a única alternativa para que crianças pudessem ir a escola dos centros urbanos, já que nas suas comunidades não existem escolas ou quando existiam não tinham energia elétrica e etc. Esta não foi uma invenção do Lula, mas do FHC. Aliás, uma das melhores ações do seu governo.

    O governo Lula, no quesito que você chama de “equilibrio Macroeconômico”, mas que na verdade é financeiro (macroeconomia é muito mis do que o que você descreveu), não é obra do FHC, nem do Lula. É fruto do pensamento único existente hoje no mundo. É o tal do fim da história defendido por Fukuyama. FHC, Lula, Alckmin, Serra ou qualquer outro que você queira citar seguirão regras. Serão apenas gerentes de um pensamento já pré-estabelecido. É assim ou não governa.

    Espere ai, “não governa??”. Pois é. Por que com a classe média (que num país com tanta desigualdade pode sim ser considerada uma elite, infelizmente) e a mídia a favor deste status quo (você viu como a mídia reagiu quando o Brasil e a Índia se retiraram da reunião com os EUA e a UE para tratar da Rodada de Doha? Parecia que vivíamos em Miami).

    Como escrevi em meu post outro dia. Se a classe média carrega este país nas costas como ela acredita, então ou a carga está pouca ou poderíamos chamá-la de “classe média sadomasoquista”, pois não move uma palha para mudar o país fora do período obrigatório em seu ciclo de quatro anos.

    Abração meu amigo!
    ————————————————————>>
    Marcio queridão, eu sempre falo por mim mesmo, claro, não poderia ser diferente. rss

    Eu nunca falei mal, ou nunca fui contra o buzão grátis pros estudantes, inclusive acho uma ótima idéia essa do fhc, também já andei bastante pelo brasil e sei bem como são as cosias, acredite. Como eu poderia ser contra? Mas não é minha culpa se por uma quebra de promessa do lula não tem mais buzão grátis. Como poderia ser culpa minha se eu votei no Serra e no Alckmin? Votei neles porque gostava das coisas que fhc tava fazendo pelos pobres diabos, mas talvez os pobres diabos não.

    Não sou economista, mas sei que macro economia é mais que o que descrevi brevemente, a sua observação foi bacana, tomara que vários jornalistas econômicos também leiam essa observação. Sei também que o lula, depois de eleito passou a defender essas modernas idéias, diferente de quando ele era oposição, bonito da parte dele se render ao (tão) obvio ao invés de continuar dando murro em ponta de faca. Também achei brilhante a maneira que usou para tirar o mérito do governo fhc, como se o por essas diretrizes serem tão obvias, fosse insignificante o fato do fhc tê-las adotado primeiro, mesmo com a oposição ferrenha a elas feita principalmente pelo pt. Interessante a maneira como as coisas são lidas.

    Como poderia ser a carga de impostos baixa? É a maior do mundo. Talvez ela esteja sendo usada de forma incompetente, julguem vocês. Ainda sobre a classe média não se mexer, caramba, é disso que eu falo sempre aqui, dessa inércia, dessa falta de coragem, dessa pasmaceira da classe média. Mas também falo da mesma pasmaceira, inércia e falta de coragem dos pobres diabos. Mas sabe por que é diferente? Sou classe média e não estou gostando do staus quo, parece que os pobres diabos sim.

  21. Cristina Lima disse:

    e eu não duvido nada se, caso ele resolvesse ficar mais quatro anos, não conseguiria uma votação de peso.
    Continuo achando que a melhor saída é via oceano atlântico. POr que de avião não se sai daqui mesmo!
    beijos e até breve.
    Vou mandar a matéria da folha de SP por e-mail para vc. Acho que vc ficará tão p. da vida quanto eu.
    bj

  22. Marcos disse:

    Uma coisa que os jornais não noticiaram ou que é pouco lido ou comentado, é que o 1% que a União repassaria aos municípios tem uma contra-partida: os municípios a receberem tal verba deveriam estar em dia com suas obrigações com o governo federal. Mais de 80% dos municípios estão inadimplentes com a Previdência ou com o Fisco, por isso n~recebeam a grana. A meu ver, não deveriam receber mesmo. Os caras não sabem administrar, retiram dinheiro do erário para pagar aos agiotas que bancaram suas campanhas ou para manterem os filhos na Disney ou nas melhores escolas da capital, compram carro do ano e depois ficam chorando miséria e pedindo esmola em Brasília. Se você prestar bem atenção nas notícias veiculadas em dois ou três jornais diferentes, vai perceber que o texto é quase o mesmo o que me leva a desconfiar que um release foi mandado pela Associação dos Prefeitos, ou sei lá que nome aquela bosta recebeu, e os jornais apenas publicam.

  23. Carol disse:

    Jr, e que tal esse novo suplente de senador do DF, que sumiu, fugiu, desapareceu, escafedeu-se? Ai ai.

  24. Júnior, boa mesmo, mandou bem pra valer, agora a inércia deste país como um todo é triste, chega a ser deprimente, claro radicalismo não, movimentos críticos e ação produtiva é a solução mínima. E de vez em quando cascudo na cabeça de alguns lulinhapedintes pode.

  25. Flavia Sereia disse:

    Junior, foi muito bom saber de tudo isso, antes de falar mal da classe média temos é que saber realmente como as coisas acontecem, recebi uma aula agora, não que eu fale mal da classe média, eu falo mal é do Lula mesmo hehehe

    bjs

  26. Lula disse:

    Se a classe média fosse boa ela não seria média (Rárárárá…desculpe…eu não resisti).

    Você ainda não percebeu que existe mais de um Brasil? Dificil administrar um país onde interesses são tão díspares.

    (E eu acho que o Ozzy votou no Lula(aquele), porisso você fica uma ‘fera’.

    Fica Puto não! num dianta???

    Abração véiamigovéi.

  27. Flávio disse:

    Convite para um bolo virtual… lá no Opiniaum. 😉

  28. Tina disse:

    Oi Junior!

    A Bianca tem razão… E eu adoro ler seus posts quando você está com esse “humor” – lava a alma!

    beijos querido,

  29. Drika disse:

    Encontrei seu blog num desses encontros casuais.
    Assunto perfeito pra quem sabe discorrer. Outro dia me dei conta que muitos não conseguem conversar sobre assuntos politicamente políticos porque não se interessam e não compreendem. Muitos Brasis de cara manchada e, ainda mais, muitas inverdades. Comprar ideologias vem se torna um hobby e isso é triste. Cabeças foram feitar pra pensar…
    Muito bom seu blog…se tiver um tempinho te espero lá no Drikaflor
    Beijão

  30. Norma Sueli disse:

    Uau!!Adorei o debate inteligente entre você e o Marcio Pimenta, aliás sou fã dele, além de sua claro! Um abração pra ele,acho que ainda esta em Santiago do Chile né não Marcio?, mas sempre antenado aos nossos problemas, e ao Blog do Mano JR.
    Fico muito feliz de ler textos assim como o seu e o dele, em alto nível, parabéns..Beijos!

  31. Jacque disse:

    Ei, Junior!!!
    ADOREI!!! Êita que seu post é ácido e apimentado! Do jeito que eu gosto! E ainda digo mais, o povão não tem nada que reclamar, pois o Lula Molusco é exatamente o reflexo do povão – que vive querendo passar a perna no INSS pra aumentar sua renda! O que recebo de pacientes que vêm para as consultas querendo benefício (sem motivo de fato) é um absurdo!!! E ainda se acham no direito de espernear quando a gente diz que não é necessário o benefício!
    São todos um bando de malandros, igualzinho aos senadores, deputados, vereadores, prefeitos… Que engulam seus votos e que não me venham pedir relatório pro INSS, porque não dou mesmo! Só os faço quando realmente a necessidade do paciente existe.
    Mudando de assunto: sei que eu estava sumida, mas estou voltando à blogosfera. Mudei o Tricotando de endereço pra ver se meu ânimo de blogar volta com força total; estou agora no wordpress. Ainda não levei todos os links pra lá, estou fazendo isso aos poucos. Quando tiver um tempo, passe pra me visitar, ok?
    Beijos.

  32. Drika disse:

    Obrigada pela dica…já ouvi falar muito bem de “O livreiro de Cabul”…outro que está na minha lista é “A menina que roubava livros”…amei o título que diga-se de passagem me é muito compartilhado (não que eu roube livros) eu me controlo…kkkkkkkkkkk
    Um beijão querido…..

  33. Cejunior disse:

    Pois é… e na outra ponta da corda está o pessoal que nunca perde, entra governo, sai governo, entra elite, sai elite. Essa turma já era rica e poderosa e continua mais rica e mais poderosa.
    O que esse partido de trabalhadores fez senão se aproximar e muito desse outro lado da corda! Ou seja, o discurso é para o lado de baixo e a política para o lado de cima.
    E o pior é que se tivesse um terceiro turno, a ponta de baixo ia votar do mesmo jeito…
    Um abraço.

  34. DO disse:

    Otimo final de semana à vc,JUNIOR

    Abração!!

  35. Saramar disse:

    Essa é aula que tendo dar para todos mundo: quem paga pelos benefícios sociais, esses que o governo não distribui, porque tem outras prioridades que não a pobreza.
    Um governo que se sustenta por meio de bolsas-esmolas variadas, sem planejamento, sem organização, sem saber de nada está plantando a desgraça para o país e todos fingem que está tudo bem.
    Dentro da sua visão, com a qual concordo, realmente está tudo ótimo!
    Pena que não vai durar.

    beijos, bom domingo.

  36. Suzy disse:

    Junior, você é ótimo. hehehe…Só não seria mesmo um bom ano diante das mazelas que os aloprados promovem. Mas porque daríamos importancia a esses detalhes? Agora então, depois da vaia maravilhosa que o Lula tomou no Maracanã, eu comecei a gozar muito mais! Hahahaahahahaaha

    Beijos

  37. […] peço que dêem uma olhada nesse texto, que eu publiquei aqui a quase 2 meses, e que depois olhem esse que saiu no Terra ontem. Leiam, […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: