cpmf! monstros não existem, não caiam nessa

pelucia

Post com Update
Vou começar dizendo que o bicho-papão não é tão grande assim. E que segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), quem ganha menos pagava mais cpmf. Digo isso para o caso de algum vermelho aparecer aqui dizendo que a oposição acabou com o único imposto quem rico pagava na história desse país. Faz-me rir.

Vamos falar primeiro sobre o tamanho do monstro que o lula tá pintando. Aqui no brasil, baseando-nos na conjuntura econômica, sabemos que quando se reduz um imposto, o equivalente a redução, cerca de 2% a mais no boldo do trabalhador, viram consumo. Quando o trabalhador consome, todos os impostos já existentes incidem sobre esse consumo, 37% no mínimo. Sacaram? É algo entre 18Bi e 20Bi a mais nos cofres dos governos, de municipal à federal.

Cogita-se ainda que os bancos certamente diminuirão os juros sobre o crédito, já que a carga sobre a movimentação financeira diminuiu. Isso geraria ainda mais consumo e ainda mais imposto recolhido.

Dito isso, podemos observar que, pra começo de conversa, o rombo é de no máximo uns 20Bi e não os 40Bi da cpmf. É muito mais fácil de lidar com 20Bi à menos do orçamento que com 40, não é mesmo? Tanto é que o governo cogitou diminuir a alíquota pra poder aprová-la. É um bichinho, não um monstrão. Bichinho quando nos mostram do ponto de vista econômico. Se o lula disser que não tá fazendo porque não tem cpmf é mentira. O monstrão é teatro político, você quer entrar nesse teatro?

Não estariam todos tratando esse problema de forma, no mínimo pouco realista? Acho que todos, de políticos a editores de blogs, estão lidando com o assunto de forma mais apaixonadamente política que econômica (ou matemática, whatever). Não estão fazendo o jogo de Esquerda vs. Direita ao invés de analisar economicamente? E olha que eu nem sou economista, só tenho ensino básico e por isso, posso até estar falando besteira, mas to analisando pela ótica que considero mais adequada.

Mas e se eu for analisar o fato politicamente? Vou encontrar muita gente dizendo que foi a oposição que mandou a CPMF pro buraco, e vou dizer pra elas que não foi, elas até gostariam que tivesse sido, mas não foi. É gente que pega o bonde andando e quer viajar na janelinha.

Os senadores da base aliada do governo são em maior número, 53 senadores, mas destes, alguns votaram contra o governo. Assim, quem mandou a cpmf pro buraco foi a arrogância, a prepotência, a desastrosa negociação e a base aliada do governo. A oposição não fez nada mais, nada menos do que a oposição faz, se opôs apresentado seus motivos, moralmente corretos ou não, convencendo ou não. A base aliada, que deveria votar inteira com o governo não votou tão inteira assim. Se a votação fosse secreta o governo teria cerca de 60 votos e teria aprovado a cpmf, mas você não gosta de votação secreta no senado, gosta? E outra coisa, a oposição também é representante do povo, goste você ou não. Isso se chama DE-MO-CRA-CIA-A, goste você da democracia ou não.

Ainda sob a ótica política? Olha a ironia, o psdb do fhc criou a cpmf, na época o lula era contra, quer dizer, ele não queria a cpmf para o governo do fhc. Mas há alguns dias o lula veio com um discurso classista e conflituoso, porque provoca conflito entre classes, joga pobre contra rico e rico contra pobre. Olha a frase:

“Se fosse para ajudar rico, ninguém votaria contra (a CPMF). Mas para conseguir um centavo para o povo pobre, é uma guerra”.

A leitura que eu faço, e você pode fazer outra se quiser, é que naquela época o lula queria que o pobre se fodesse, desde que ele fodesse o governo. Agora ele queria a cpmf, mas o psdb era contra.

Opa opa epa epa!! O psdb era contra mesmo? Acho que no fundo não. O psdb tem 2 governadores que queriam muito o repasse da cpmf em seus estados (SP/MG). O psdb queria que o governo conseguisse aprovar a cpmf, mas sem os votos do psdb, já que o governo tinha maioria no senado. Entenderam? Tanto é assim que no dia da votação, lá pro meio da tarde, 13 senadores do psdb estavam dispostos a votar com o governo, se o fizessem, parte do dem os acompanharia.

O que eu aprendi com isso tudo?

Que o rombo da cpmf é bem menor, de uns 20Bi e não 40Bi, com competência e alguma criatividade, esses 20Bi de economia são possíveis sem aumento de imposto ou corte de investimentos, basta gerir com competência.

Política é política. Você pode ir pro céu, eu certamente não irei (o lado bom é que não encontrarei com você), assim como os políticos também não. Acorde.

Como eu já desconfiava, o governo consegue chegar ao final de 2008 sem precisar da CPMF, também sabe direitinho onde cortar sem prejudicar nem os pobres diabos, nem os investimentos em infra-estrutura. E ainda tem gente ingênua dizendo que a oposição errou.

Tanta gente gastando o teclado pra defender que o governo não podia ficar sem essa grana e o lula nem perde o sono.

25/04/2008: Sim, eu me lembro das coisas que escrevo. Neste texto eu disse que o governo conseguiria sim, se virar sem a CPMF, que o rombo era muuuuito menor do que o governo alardeava e tals. Várias pessoas me contradizeram e algumas coçaram a cabeça (não é mesmo, márcio?) dizendo que pesquisariam melhor o assunto pra vir falar comigo depois. Ninguém voltou, enfiaram o rabo entre as pernas e calaram-se, todos sem exceção.

Agora vem mais uma, mais um calaboca nessa gente que adora enfiar dinheiro no rabo do governo pra não ter nada em troca.

Anúncios
Marcado com: , , ,
Publicado em política
18 comentários em “cpmf! monstros não existem, não caiam nessa
  1. Bender disse:

    Um dos melhores textos do frigideira. Tu tem td a razão.

    Quem defende a CPMF não entende NADA de imposto, tributação e circulação de dinheiro.

  2. DO disse:

    Sinceramente eu estou surpreso até agora com o que aconteceu,JUNIOR.
    Achava que,como sempre,o governo viria com tudo, comprando,ops,cooptando meio mundo e no final aprovaria o tributo.
    Ou a arrogância do Pinócchio foi maior que tudo ( até que a do FHC ) ,ou a opoição,finalmente,acordou ,e percebeu que estavam com os dias contados.

    Abração!

  3. Carla disse:

    Jr, se a CPMF tivesse sido criada para realmente cumprir seus objetivos, que a gente bem sabe quais são, eu não me oporia.
    Mas, como as coisas não são como devem ser, ele (Lula e o seu governo de meia pataca) que se danem.
    Bjão.

  4. Yvonne disse:

    Júnior, o Lula não teve a menor diplomacia ao lidar com esse assunto. Ainda assim, eu achei a postura da oposição de uma canalhice só, principalmente os tucanos. Veja bem, não estou me sentido infeliz com a não prorrogação da CPMF,gostei demais, mas acho que mesmo as pessoas canalhas têm que ter uma certa coerência.

    Renegaram o próprio filho? Se o próximo presidente do Brasil for tucano, o imposto voltará e o PT ficará contra. Confesso que não entendo essa turma de forma alguma. Um bando de merdas.

    Beijocas

    Yvonne querida,
    Eu vejo assim, ninguém é santo, o psdb criou um imposto “provisório” e como tal, um dia ele tinha de acabar. O psdb mais do que ninguém tinha obrigação de acabar com algo provisório que ele criou. O governo lula, depois de 6 anos tinha obrigação de se preparar fiscalmente pra acabar com algo provisório. 😉
    beijos

  5. Nivaldo disse:

    Muito bem meu amigo…. vc está coberto de razão! Ainda bem que acabaram com esta palhaçada que só servia para pagar os “vales famílias” do Loola da Silva. E agora ele diz que quem votou contra a cpmf não usa o SUS e que a saúde é quem vai pagar o pato. Certamente vai ficar (se é que é possível) pior do que está. Pelo simples fato de que o governo vai retaliar de alguma forma e sabe quem vai se dar mal nisso, né? Exatamente aqueles que tanto adoram o Loola e seus companheiros vermelhos.

    Um abração e bom fim de semana!

  6. Junior, nem tenho noção de quanto perdia nos descontos da cpmf. Mas, eu não quero perder nada, nunca.
    Essa arrecadação nunca foi totalmente para saúde. Tiveram tempo e dinheiro demais para consertar o consertável.
    Como eu detesto esse molusco! E a cara de tacho que ele faz,sempre, vc já notou?
    Como vc, não quero ir para o ceu, se ele existisse. A gente se encontra em outro lugar, então.
    Liliane

  7. Cejunior disse:

    E só faltou lembrar que essa era uma contribuição provisória, que se destinava a custear a saúde pública. Tinha data para acabar.
    Infelizmente, como tudo aqui neste Brasil, o provisório foi ficando e a verba da saúde passou para o Tesouro…
    E que vergonha ver dois próceres do PSDB brigando por esse dinheiro..
    Fica difícil acompanhar política neste país sem ficar enjoado!
    Um abração e bom fim de semana.

  8. Flavia Sereia disse:

    Pra mim foi uma surpresa terem acabado com a cpmf, pensei que fossem aprovar esse imposto. Se é assim como vc diz, então a gente nem tem que se preocupar.
    E a cara de pau do lula não tem mesmo tamanho, e ele ainda disso que quem foi contra o cpmf, era pq não usava o sus, igualmente a ele quando era o oposição né mesmo? rs essa politica brasileira é uma piada.

    bjs

  9. Para o ministro da saúde foi “um gesto de grandeza” do presidente Lula enviar a carta ao Senado dizendo que ele vai usar todo dinheiro da cpmf na saúde. “A saúde pública brasileira está de luto hoje”[…]

    A saúde está de luto já faz tempo, com a morte de pacientes acontecendo freqüentemente nos corredores lotados dos hospitais de todo país. Falta moralizar este país, a competência que você disse, com propriedade, não me lembro de ter existido e tão pouco criativade. Júnior, ótimas palavras.

  10. Negão disse:

    E ainda tem gente que defende o esponja analfa. Fazer o quê, né?

  11. Luma disse:

    A briga foi política, nada em função do povo.
    Arrasou no texto, fio!!
    Tem dever de casa pra você no luz, se não fizer não passa de ano! 🙂 Boa semana! Beijus

  12. Tina disse:

    Oi Junior,

    Eu fiquei surpresa com a derrota do governo, sério mesmo.

    O seu post está sensacional e isso não foi uma surpresa para mim: eu já esperava.

    beijos querido, boa semana.

    PS: O blogspot não deixa mesmo a pessoa se identificar 😦 mas eu sempre sei que é você. 🙂

  13. cilene disse:

    Estou feliz que nao existe mais a CPMF…vi desejar Feliz Natal e dizer que sinto sua falta. Sei que vc cansou do meu blog, mas quero dizer que conhecer vc em 2007 foi muito importante para mim. Que vc tenha um super 2008 sem problemas no Brasil. abracos, cilene

  14. CRistina Lima disse:

    Oi Júnior!!!
    Quanto tempo não paro por aqui …
    Corroborando com quase todos, esse post está bom para caraaaaaaaaaammmmba.
    e agora vamos aguardar o que vem por aí.
    um grande beijo!

  15. Evilasio disse:

    A bronca é que eles perderam uma mamata muito grande. A CPMF foi criada para a saúde, mas com a bagunça do governo, passou a servir pra tudo (inclusive pras bolsas-família do governo…)

    É uma quantia alta, mas que estava na hora de deixar de ser roubada do povo brasileiro.

  16. Lili Bollero disse:

    Oi Junior, bom, eu ia escrever sobre a cpmf e tal mas mudei de ideia pq acho q minha opiniao nao é tao relevante. Mas queria dizer que: a cpmf foi criada para ajudar o financiamento do sus que desde a data de criacao ate hoje nao conseguiu ser realmente implantado. So q nosso governo nao é burro e sabe o q ele considera gasto com saude?? bolsa familia e etc, restaurante popular da rosinha entre outros, enquanto isso as emergencias ficam estagnadas e nao se constroi nenhum outro hospital para atender como unidade basica 24 horas – pq posto nao atende! – assim é mt facil fazer o sus, dizer q todos têm direito a saude, mas que saude? esta que eles oferecem q é uma grande %$@#$¨?? Pois é. Inventaram o Sus e o direito universal a saude e esqueceram que so o financiamento anterior – daqueles trabalhadores com carteira assinada – e seus hospitais antiogs nao dariam conta do servico que agora todos têm direito. Bom, poderia ficar aqui falando mt sobre o sus e sobre o que acho que deveria ocorrer para a reformulacao, mas vou me deter em uma questao: dificil cortar gastos agora, ne? será pq ninguem quer abrir mao do salario ou da ajuda com papelaria, ou de gastos de 15 mil por mes em cartao de credito?? hummmmmm nao sei ao certo, mas algo me diz que a corda sempre arrebenta do lado mais fraco…vamos ver o que mais esse governo inventará! =S

  17. Junior,

    Apesar da lógica há duas afirmações que eu tenho sérias dúvidas:

    1) Aumento do consumo com a redução do imposto. Creio que isto não ocorrerá, embora seja necessário medir a elasticidade da redução do imposto e aumento no consumo. Afirmo isto apenas pelo fato de que o imposto era realmente baixo para as pessoas físicas assalariadas. A ver.

    2) Redução dos juros. Impossível. Estamos no Brasil. Nenhum banco irá reduzir juros ou tarifas de serviços por causa do fim da CPMF. E digo mais. Os empresários também não irão diminuir o preços dos produtos e o resultado é que a margem de lucro irá crescer automaticamente.

    Abraços meu irmão!

    Marcião queridão, eu aposto a caipirinha com você, os juros caem e o consumo aumenta. Ainda sobre o consumo, pensa bem, se 40bilhões não vão para os cofres do governo eles vão pra onde? 😉

  18. Flávio disse:

    Tomara que eu esteja enganado, amigão, mas acho que ainda vamos chorar o fim da CPMF. Vê lá no Opiniaum. Ah… e meu abraço de novo ano! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: