Golfinhos cuti-cuti salvam homem da fome

Update em 01/08/2012: Lá em 2008 os Jornais noticiavam que a safra da tainha era a pior dos últimos anos, conforme você vê abaixo. E qual a notícia de 2012? Sim, que Santa Catarina tem a pior safra da tainha dos últimos 10 anos. E segue o enterro…

É temporada da tainha aqui no sul do país e as reportagens são muitas e diárias. A maioria delas dando um tom turístico para o evento.

Em uma delas, da rede RBS, é especialmente focada nos golfinhos cuti-cuti que empurram os cardumes de tainhas para as redes dos pescadores, uma maravilha de parceria entre o animal golfinho e o animal homem, na pesca de outro animal, a taínha que está a caminho da desova. A emissora da um tom poético mostrando o homem simples retirando do bom mar o sustento da família. Nós adoramos ver cenas como essas, nosso litoral é lindo e imagens assim valorizam a força do nosso povo. Assista a linda reportagem, isso só acontece em 3 lugares do mundo blá blá blá…

pesca da tainha

Mas – e sempre tem um “mas” – no brasil existe um período de defeso de diversas espécies de água doce. Neste período em que a pesca é proibida para que os peixes possam desovar e garantir o futuro da espécie – conhecido como piracema –  é crime pescar.

No mar existe o defeso do camarão. Pra ir mais longe, no Canadá, quem for pego pescando salmão na subida da desova, sendo homem simples ou não, vai pra cadeia. Só os ursos têm vez.

Mas no brasil a Tainha não tem defeso, muito pelo contrário.

É exatamente na época que os cardumes de Tainha saem dos estuários mais ao sul para subir até os estuários do litoral do Paraná e sul de São Paulo, em especial no estuarino-lagunar de Cananéia (+ Ilha Comprida e Ilha do Cardoso) onde vão desovar e garantir as próximas gerações que elas são pescadas. Aquie se abate os peixes antes da desova, antes porém de garantir as próximas gerações.

São centenas de grandes traineiras equipadas com sonares de última geração cercando os cardumes nas saídas para o mar já mais ao sul, o que sobra é exterminado na região de Itajaí onde milhares de embarcações de pesca fazem seus arrastões. Milhares de toneladas de peixe são mortos pouco antes de desovar.

E tem mais, no meio do caminho os cardumes são capturados por barcos especializados no processamento das Ovas da Tainha, que custam certa de R$40 o quilo enquanto o quilo da Tainha (o peixe em si) é de R$1,50. Esses barcos retiram as ovas e jogam o peixe fora. Em Itajaí, Santa Catarina, no ano passado só uma das 5 empresas que processam Ovas de Tainha enviou mais de 150 toneladas ao exterior.

É escandaloso, mas ano após ano pescam as Tainhas antes delas se reproduzirem. Talvez por isso em 2008 os pescadores de SC estão tendo um “prejuízo incalculável” (sic) com o atraso dos cardumes. As emissoras de TV acham tudo lindo lindo, as empresas lucram, o “pescador artesanal” arreganha a boca desdentada para a alegria das Casas Bahia.

pesca da tainha

E eu aqui na minha emacacante ignorância me pergunto como serão os próximos anos com temperaturas cada vez mais altas e o vento sul cada vez mais demorado? Será que essa cultura retrograda vai persistir? Será que continuaremos assistindo ao lindo espetáculo da parceria entre homem e golfinho? Será que as empresas de exportação de ovas continuarão lucrando e gerando empregos? Ou será que a própria natureza se encarregará de dizimar com a espécie homem-simples-pescador-artesanal que rende belas reportagens.

Anúncios
Marcado com:
Publicado em brasil
10 comentários em “Golfinhos cuti-cuti salvam homem da fome
  1. Nivaldo disse:

    Olá Junior… passando aqui para conhecer o novo blog. Como sempre muito bacana. Estava sentindo falta do frigideira. Mas este novo veio na hora para preencher o vazio… 😉 Um abração

  2. DO disse:

    O futuro a gente nunca sabe,ou tem certeza,mas tudo indica que a natureza vai acabar com a mamata de muita gente que não sabe preservá-la.
    Abração,JUNIOR

  3. Carla disse:

    Complicada a situação, né, Júnior?
    O pior de tudo é que o tempo está passando e, quando se quiser salvar o que ainda resta, com certeza, será tarde demais….
    Bjo e otima semana.

  4. Bruna disse:

    Juuuuuuu!
    Que saudade docê!!!! Nem li o post tamnha emoção.

    Senti sua falta!

  5. Tina disse:

    Oi Junior!

    Você agora é um perfeito homem do campo! E estou adorando isso, sabia?

    beijo grande, boa terça!

  6. Cejunior disse:

    Se não engano, não temos um ministro da pesca ?!? E para que serve tal cidadão ???

  7. Luma disse:

    Dia 8 de junho foi Dia Mundial dos Oceanos e não vi nenhuma manifestação contra a pesca predatória. No governo lula foi criada a SEAP (Secretaria Especial de Pesca e Agricutura), que, como se sabe, tem uma visão oposta à visão preservacionista do IBAMA.
    Basta dar uma olhada no quadro das espécies ameaçadas de extinção, e exemplificando o caso dos tubarões, peixes de pesca mais complicada, para constatar que das 88 espécies de tubarões ocorrentes em nosso litoral, 38 já estão em uma das três listas de espécies ameaçadas de extinção. Ou seja, 43% das nossas espécies já estão ameaçadas, em maior ou menor grau, pela pesca predatória e pela sobrepesca. Mas ainda assim, o governo Lula proporciona um aumento no esforço de pesca, incentivando e financiando a construção de novas embarcações para a indústria pesqueira, sem antes realizar estudos de avaliação do real e sustentável potencial pesqueiro brasileiro.
    Se pescar tubarão é fácil para esses abutres, imagina outros peixes?
    Boa semana! Beijus

  8. Flavia Sereia disse:

    Junior, quando morei em Santa Catarina, me lembro que nessa época do anos os pescadores eram proibidos de sair para pescar com seus barcos, eles ficavam nas praias arrumando as redes, os barcos e etc. Não lembro se era por causa da tainha ou se era por causa de outro peixe, mas eles não podiam pescar. Fiquei confusa com o seu post, será que não estão pescando mesmo sendo proibido? Sabe como é brasileiro né? sempre dá um jeitinho.

    bjs

  9. kilviane disse:

    otimas fotos para o meu trabalho!!!

  10. Logo estaremos novamente no inverno e aqui no sul (PR-SC-RGS) a pesca da taínha será intensificada como sempre.Apesar dos pesares, a natureza sempre repõe, mas não se sabe até quando, mais este tipo de pesca predatória, com as habituais desculpas esfarrapadas tanto por parte dos pescadores artezais, há de se considerar a pesca comercial e industrial como um todo, que dizimam tudo, para obtenção de lucro e ainda dizem estar gerando emprego e renda para muitos, o que em parte é verdade, entretanto, a maioria dos trabalhadores da pesca, vivem em condições miseráveis como a maioria dos demais trabalhadores em geral. E o governo? Bem no governo, como ele próprio é composto de pessoas que ocupam cargos temporários, embora alguns com boa intenção,( mais de boas intenções o inferno está cheio), criam planos que no papel são maravilhosos, mais não passa disso, mesmo porque implementar qualquer plano que interfira nos interesses dos poderosos, tais pessoas, são de imediáto substituidas e mesmo aqueles que eventualmente virem Lei e elas existem para tudo, invariavelmente são violadas e quando não, sempre haverá um político de plantão, apoiado por tais poderosos, que dá o célebre “jeitinho brasileiro” para acomodar as coisas. Apesar de tudo, a sociedade como um todo está se mobilizando, principalmente através de organismos criados, para pelo menos denunciar os abusos ambientais de toda natureza e quem sabe com o apêlo popular maciço, as autoridades em geral, tenham vergonha na cara e realmente tomem as devidas providências que forem cabíveis, caso contrário, no que tange este assunto, infelizmente ainda seremos considerados como um País de Terceiro Mundo.
    Obrigado pela atenção.
    Marcão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: