e 10 anos depois

A internet nos proporciona coisas legais. Muitos de vocês já sabem que conheci a Bianca através dela. Nesse final de semana, depois de 10 anos conversando pela internet sobre pesca e aquários, eu conheci pessoalmente o Eloy, e parecia que nos conhecíamos há anos.

Foi um final de semana agitado, mas sem pesca com mosca, sim, nada de fly fishing apesar de os 2 pescarem nessa modalidade. E olha que o meu wader Orvis lindão chegou no sábado de manhazinha. Comprei um Endura mais um par de gravel guards, fundamental para proteger as meias de neoprene contra os pedregulhos que tendem a entrar no wadding boot.

Alguns colegas fly fishermen que conheço só pela net costumam dizer que gastar 400, 600 pilas numa roupa que vai usar tão pouco é desperdício. Bom, se pescar na natureza dentro da água de 3 a 5 vezes por semana for pouco, não tenho motivos pra invejar quem pesca muito. Mas talvez alguns deles possam ter razão, eu realmente não vejo pra que gastar essa grana numa roupa se eles a usarão 2 ou 3 vezes por ano, nas oportunidades em que não estiverem num pesque & pague (rs). Enfim, c’est la vie. Como digo sempre, cada qual com seu cada qual.

Bom, o Eloy e da Patrícia estão passando a semana de férias na região e no sábado fizemos uma parte do roteiro básico das cervejarias artesanais e no domingão apresentei um dos rios da região onde eu pesco com mais freqüência, e onde peguei minha primeira saicanga com fly. O amigo ficou impressionadíssimo com a quantidade de ninfas que encontrou por lá, nas mais variadas espécies e fases de vida. Sim, pescadores com mosca têm um “quê” de entomólogos, adoramos insetos aquáticos. Em alguns pontos olhando a água de cima podíamos ver o brilho dos lambaris se deitando para alcançar as ninfas entre as pedras. Um show. É uma parte legal do passeio, especialmente para um casal de geógrafo e engenheira cartográfica, além de pescadores com mosca.

E a estréia do wader? Isso vai ser matéria de outro texto. Provavelmente amanhã irei a Blumenau buscar algo que me sirva como wadding shoes e talvez na quarta eu já pule dentro d’água sem me molhar, daí eu conto ali como foi a estreia.

Anúncios
Marcado com:
Publicado em monstro da semana
18 comentários em “e 10 anos depois
  1. Eu também já conheci colegas de blog pessoalmente, uma das grandes vantagens disso são as amizades que a gente conquista ..
    Cara, eu acho muito legal, mas sinceramente não consigo me imaginar pescando, haha ..
    Sou tão ansioso que acho que espantaria os bichinhos lá pra longe e não pegaria um sequer ..
    A pesca põe a prova uma de nossas maiores virtudes: a paciência !!
    Abração !!

  2. DO disse:

    Poxa,JUNIOR,mas tres vezes por semana nào é pouco não. Diria até que é uma grana muito bem gasta. Ainda mais se é pra fazer o que se gosta.
    Abração e uma otima semana.

  3. Yvonne disse:

    Tudo que dá prazer é uma maravilha. Beijocas

  4. Carol disse:

    É… vc nem tem tempo de sentir falta de Sampa. =)
    Preciso arrumar uns jeitos de me divertir assim por aqui tb, pra ver se paro de pensar na minha vida no Rio!
    Bjs!

  5. Diego disse:

    Caramba… que sacanagem, além de Wader novo, foto com o Eloy enchendo o ‘caneco’… rs… e a Lei seca???? Li que é proibido publicar blog com nível de álcool acima do limite… kkkkkkkkk…

    Sobre conhecer amigos que nunca ‘vimos’ somente conversamos via Internet… também conheci o Eloy dessa forma e o mais engraçado, a gente foi pescar e parecia realmente que havíamos nascido na mesma cidade… rs… que nos conhecíamos desde que usávamos fraldas. É muito legal…

    Espero as fotos da estréia do novo Wader… eu acho também um roubo pagar tudo isso de um wader… ainda mais eu que pesco dentro d’água só duas vezes por ano… kkkkkkkkkkkkkk…. Mas prá usar tudo isso??? tá bão dimais… 😉 torcida prás fotos…

    Abração…

  6. Silvia disse:

    “Bom, se pescar na natureza dentro da água de 3 a 5 vezes por semana for pouco, não tenho motivos pra invejar quem pesca muito. Mas talvez alguns deles possam ter razão, eu realmente não vejo pra que gastar essa grana numa roupa se eles a usarão 2 ou 3 vezes por ano, nas oportunidades em que não estiverem num pesque & pague (rs). ”
    Você está ficando cada vez pior…Quando eu estiver na marginal congestionada lembrarei de você e não me furtarei um palavrãozinho!
    E os cães, como estão?
    Bjsss

  7. Flavia Sereia disse:

    A gente tem uma vida que dá inveja a muita gente né? kkkkkkkk

    bjs

  8. Lula disse:

    Beleza, Jr!! Fico feliz por ver que vc está feliz. Inda vou aí pra conhecer, com vcs, TODAS as cervejarias do pedaço.

    Abração em todos.

  9. Carla disse:

    Eitcha que vidinha mais ou menos, hein?
    Bacana você se deliciar com os peixes!
    Bjão.

  10. Bruna disse:

    Oi Junior!

    Sim, a internet nos proporciona coisas bem legais! Assim como na vida, a gente só encontra o que a gente procura, não é mesmo?
    No caso, sempre tive muita sorte e fiz amigos queridos pela rede. Pessoas que já fazem parte da minha vida e que eu não me imagino sem.

    Espero um dia ter o prazer de conhecer você e a Bianca. Apesar de não mantermos contato, parece até que conheço você. Talvez porque goste tanto da forma que você escreve. 🙂

    Um abraço!

  11. Tina disse:

    Oi Junior!

    Isso é muito bom – e não tem preço! Quem sabe um dia apareço por aí, né? (rs) Estou adorando “saber” de sua vida assim tão bem, de verdade. Você merece.

    beijos querido,tenha um dia lindo.

  12. Silvia disse:

    Só agora liguei o nome escalafobético à pessoa… tá vendo que retardada eu sou???

  13. Eloy disse:

    pô, não tinha uma foto que disfarçasse melhor o meu “pâncipes”? KKK

    Júnior, sem palavras pra descrever o que foi conhecer você e a Bianca. Vocês são 10! Ah! A Ballerina e o Cão Ozzy também.

    Aquela “lasanha” vai entrar pra história… também as tuas primeiras moscas.

    Um baita abraço! Esperamos vocês aqui em Joinville.

  14. Carlos Emerson Jr. disse:

    Pois é… além dos rios ainda tem cervejarias… aí fica difícil ! Aqui só tem a schawzbier caseira do alemão do Burgomestre e olhe lá (mas é excelente, diga-se!)
    E rios só em Lumiar e Boa Esperança.
    Agora frio, isso tem prá dar e vender!!!!
    Um abração.

  15. luma disse:

    Júnior, você não quer mais nada desta vida, né? 😉 e agora problogger, que raios isso? Onde? 😉 Quero ler seus textos!! :*) Obrigada Júnior pelo apoio moral!! Beijus

  16. Bruna disse:

    Oi Junior,

    Maneiro conhecer pessoas que você descobriu na net, né?

    Eita vidão, to adorando ler os posts.

    Beijo grande

  17. Superbacana tudo! O passeio, a amizade… isso aí! Abs.

  18. raquel a. disse:

    junior, eu aprendi sobre flyfishing aqui nos estados unidos! muitas pessoas praticam essa modalidade aqui em vail, onde eu moro até semana que vem.

    curioso e interessante! mas eu sou fã mesmo é de sentar no barquinho e esperar a linha balançar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: