as flores de finados

Quem foi que disse que as flores de plástico não morrem? Elas morrem sim, infelizmente sem levar com elas o mau gosto de quem as compra.

Flores de plástico deveriam ser taxadas em impostos da mesma forma que os cigarros ou bebidas alcoólicas o são. Deveriam ter ainda um imposto adicional ligado ao meio ambiente.

flores artificiais

Qual o problema em se levar flores reais ao cemitério?

Lembro do tempo em que o cemitério ficava forrado de branco no dia de finados, porque são exatamente flores brancas, as flores da época.

Não sei se você o fez, mas se assim como eu visitou cemitérios nesse finados, me conte se eles, assim como o daqui de Indaial (SC), estavam tomados por um escabroso colorido artificial. São flores de plástico nas mais diversas cores inclusive daquelas que brilham no escuro. Não pude deixar de fazer piada.

As flores artificiais são nada além de artificiais. Nesse caso, elas representam um respeito artificial pelo morto. A pessoa leva a flor artificial na esperança de que ela dure o ano todo, já que ele não voltará a ter esse trabalho novamente até o próximo finados.

Vais me dizer que mora longe? Que mora em uma cidade distante e só tens a oportunidade de visitar o defunto querido uma vez ao ano? Um motivo a mais pra homenageá-lo com flores de verdade, de preferência com um vazo de flores que vai durar um pouco mais. Ou quanto tempo você acha que as flores de plástico vão ficar lá encima do túmulo?

Acho que uma pessoa que deixa flores de plástico para um morto não só está cagando e andando pra ele como está de sacanagem com o defunto, só pode ser. Flores de plástico são bregas enfeitando quaisquer ambientes, mas enfeitar um túmulo com ela é a mais fina flor da filha da putice, e da muquiranice, não esqueçamos. A maioria das flores de plástico são compradas nas lojas de 1,99, ou seja, o morto não vale 15 pilas uma vez ao ano.

Existe ainda, como em tudo, o outro lado, ainda mais perverso que o bom ou mau gosto, o meio ambiente sofre com as flores de plástico, pois elas levam séculos para morrer e enquanto isso, simples polui além do visual. E isso se falarmos da poluição somente no final do processo. Já pensaram na energia que poderia ser economizada se não produzíssemos flores de plástico?

Se fossem reais, bastaria acumulá-las em algum matinho e ela viraria adubo orgânico. No próximo final de semana ainda terei de voltar ao cemitério pra ver o que a administração fez com tanto lixo, torço para morder a língua, mas não duvido que sejam jogadas no ribeirão ou mata mais próxima.

Qual seriam os outros argumentos a favor das flores artificiais? Alguém pode fazer a gentileza de me dizer? Pode ser até mesmo um fabricante delas, prometo que te perdôo, apesar de achar que isso não vai nos isentar de nos encontrarmos no inferno futuramente.

Este post faz parte da blogagem coletiva “Ecological Day” promovida pela Sonia e que acontece no início de todos os meses. Participe!

Anúncios
Marcado com: ,
Publicado em brasil, meio ambiente
18 comentários em “as flores de finados
  1. Silvia disse:

    Eu nunca imaginei que alguém pudesse levar flores de plástico ao cemitério para os familiares.
    É o cúmulo do pãodurismo! Melhor não levar nada. Eu não fuino cemitério, mas como trabalho em frente a um, vou “curiá” amanhã. Depois lhe conto.

    Beijosss

  2. Carol disse:

    Pra ser sincera, esqueci totalmente da data. Se no ano que vem eu lembrar, vou no cemitério tirar umas fotos. Concordo contigo sobre as flores de plástico. Eu também não levaria flores de verdade, porque não acredito que tenha alguém lá no túmulo pra achar bom ou ruim. Acho que a melhor homenagem é lembrar de momentos bons com carinho.
    Bjs.

  3. DO disse:

    Caramba,JUNIOR,pra mim é novidade isto. Nuinca vi flores de plastico em cemiterios. É verdade que já faz um tempo que não vou num,mas nem se compara: a beleza e o perfume das flores naturais é maravilhoso!!

    Abração!!

  4. Luma disse:

    Júnior, desculpe! Não quero desrespeitar os mortos, mas não pude deixar de rir com a sua postagem. Flores de plástico é sim sacanagem com os mortos! Melhor nem levar, não é? Ou melhor, nem ir no cemitério ou existir cemitérios.
    Meu pai morreu quando eu tinha 5 anos e pediu para ser cremado, justo porque tinha consciência ecológica. Vivia em contato com a terra e se preocupava com todo mal que interferia na natureza. Ele dizia que queria ser cremado para não contaminar os lençóis freáticos.
    Se vamos banir as flores, vamos banir os cemitérios também! Eles estão crescendo a cada dia e a cada dia contaminando mais e mais os lençóis freáticos. A decomposição de corpos leva mais de dois anos e enquanto isso libera líquidos como o necrochorume que é altamente tóxico (putresina – cadaverina), sabias? 😉
    Boa semana!! Beijus

  5. Lula disse:

    Escalafobético! Eu também não gosto de flores feitas pelo homem. No máááximo cultivadas por.
    E eu não levo flores ao cemitério. Neguinho rouba de um túmulo pra por no outro! (eu já vi)
    Eu deixo os mortos enterrarem seus mortos. Cultuo a vida, sempre. Morreu? Eu creeeemo!

    Prefiro as flores comestíveis. São uma delícia, já experimentou?

    Abração véiamigãovéi.

  6. Herika disse:

    Tô vendo que não sou a única que nunca vi flores de plástico em cemitérios, já não me sinto uma alienígena :p
    Como o Lula aí em cima também já vi neguinho roubar flores de um túmulo pra por em outro, muito feio, isso sim chamo de total falta de respeito, com o defunto que ele foi visitar, com o defunto do túmulo roubado e com a pessoa que comprou as flores pra poder enfeitar o túmulo de alguém querido.
    Aqui o finados é em agosto e eu neeeeeeem me lembrava dessa data aí, mas ri muito com seus comentários 😉

  7. Eloy disse:

    Bom, como ano passado fiz um trabalho no Cemitério do Imigrante aqui de Joinville, vi várias flores de plástico. Pra piorar este cemitério é tombado como patrimônio histórico-cultural, o último sepultamento que ocorreu lá foi em 1905.

    Teria que re-ler o relatório para ver o que os historiadores levantaram nas entrevistas com os familiares, mas acho que a idéia das flores de plástico, reside na inocência (ou ignorância) que elas vão durar mais tempo que flores naturais, assim, teoricamente, homenageando o falecido por mais tempo.

    Não estou defendendo a idéia. Só expondo um motivo.
    Não vou ficar repetindo o quanto elas são feias e poluentes, todos com um mínimo de noção sabe disto.

  8. Gomes Torres disse:

    Claro que quem leva flores de plástico é por ignorância mesmo…
    Qualquer pessoa que tenha o minimo de sensibilidade ambiental não concorda com flores de plástico, nem sequer nada de plástico, né?
    Sabe o que eu acho? Flor artificial não existe, ponto final. Ninguém consegue fazer flores…apenas a natureza.
    Ou seja, aquilo que as pessoas colocam em cima dos defuntos é apenas uma imaginação materializada em plástico, particularmente má para o ambiente.
    Mas eu acredito na ingnorância e boa fé das pessoas…
    Gostei do teu texto junior!
    GT

  9. Tina disse:

    Oi Junior!

    Eu concordo com a Luma: melhor não levar nada! Quem morreu precisa de oração, não de flores – pensamento meu, tá?

    beijos querido e boa semana,

  10. Carla disse:

    Tem gosto pra tudo nesse mundo, mas vamos combinar que flores de plástico é o fim, né?
    Se não puder levar flores naturais, prefiro não levar nada!
    Fora que, ecologicamente falando, é o atestado da burrice!
    Bjo e otima semana, quilido!
    Bjo na Bianca.

  11. Yvonne disse:

    Além de tudo que você falou, não existe nada mais cafona. Tô fora. Beijocas

  12. Silvia disse:

    Bom, vamos a minha pesquisa: sabe por que as flores de plástico? Por que o pessoal rouba as verdadeiras para vender de novo na porta do cemitério, acredita nisso? Neguinho vai ter cem anos de azar! Teve cemitério aqui em São Paulo que ficou policiado o dia inteiro para evitar os roubos aos túmulos, mas é dificil evitar…
    Plástico é reciclável! Os que cuidam do cemitério recolhem depois e vendem para reciclagem…Nada se perde, tudo se transforma e sempre tem alguém lucrando com isso…

  13. Carlos Emerson Jr. disse:

    Cara, uma pessoa que tem o mau gosto de levar flores de plásticos no cemitério merece ser assombrada pelo resto da vida!!!!
    Ninguém merece!

  14. Lu Souza disse:

    Que coisa louca essa! Nunca imaginei alguém levando flores de plástico ao cemitério.
    Aliás, é um lugar que vou pouquissimas vezes. Acho que para homenagear uma pessoa querida falecida, nao é necessario dia nem local. Mas já que vai, caramba, leva crisantemos, cravo, sei lá, mas de verdade. E tem principalmente a questão ecológica. Quanto tempo este troço vai durar lá? Bem que o zelador podia recolher tudo e mandar pra reciclagem!
    Beijos

  15. Lu Souza disse:

    Com certeza voltarei mais vezes!
    Bjos

  16. Conrado Sela disse:

    acho isso impertinente………….repare nas novelas, são todas artificiais, a flor artificial esta muito bem trabalhada, muitas vezes totalmente semelhante ao natural, economia????? pesquise a flor artificial é o dobro do preço de uma natural, procure entram em uma casa de uma pessoa rica, o que vc vai encontrar na sala???? uma grande arvore de bambu artificial q ele pagou no minimo R$600,00 reais, se liga pensa um pouco antes de postar tanta merda, e tem a mais importante de todas a artificial não gera a famosa dengue seu otariosss

  17. daniela disse:

    claro que junto da arvore de bambu artificial tem o famoso tapete de onça… Ser rico e ter bom gosto são coisas completamente diferentes. As pessoas ricas, de verdade que conheço, tem floristas que trocam as flores da casa, duas ou tres vezes por semana…

    Delira mesmo quem acha que flor artificial é chic!!!

  18. Sandra disse:

    hahahahaha desde qdo deixar flor natural no cemiterio dá dengue ?! Claro q ñ, deixa plantado no vasinho c borra de café ou areia no pratinho q ñ tem perigo …isto é mito, dengue é um problema publico e ñ só social…
    Meu casamento foi tudo c flor natural e acho q o da princesa Kate tbm hehe, eu nunca vi ninguem ganhar um buque de rosas artificiais hehe portanto esse grosseiro aí de cima ñ entende é nada de flores e de pessoas ricas, as casas de pessoas ricas q já frequentei tem jardineiro, e eu nunca vi jardineiro de flores artificias kkkkkkkkkkkk
    Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: