bandidos e mal educados

Hoje tem 2 coisas que eu quero colaborar para que as pessoas compreendam melhor.

Coelho 1 – Gente bandida que rouba mantimento doado sempre será a minoria em qualquer lugar e aqui não é diferente. Aqui essa gente foi denunciada anonimamente à imprensa por anônimos de bem, imprensa que por sua vez providenciou provas e denunciou essa minoria bandida que agora, como deveria acontecer em qualquer lugar, vai ser indicada por furto.

Os pouco mais de meia dúzia de militares que envergonharam uma instituição, além dos 5000 que trabalharam incansavelmente dos dias de tragédia até agora, como a de se supor, são uma minoria de bandidos travestidos de gente do bem. Continuamos gratos e ainda mais zelosos do que nunca pela solidariedade do brasil inteiro. Bandido tem em qualquer lugar, até no Iraque.

Coelho 2- Por falar em Iraque, conheci varias pessoas iraquianas. Gente de bem, super hiper mega educadas, e até onde vale o meu parecer, equilibradas. Não é por isso que no Iraque não existam pessoas sem educação. Existe sim e alguns chegam a jornalistas.

Você poder ser daqueles que odeiam o Bush, se acha super hiper mega politizado porque viu o fahrenheit 911 e acreditou em 130% do que o Michel Moore disse, ou só na metade, ou odeia o Bush só porque pra você, todos os norte americanos não passam de estadunidenses (eu rolo de rir, e de vergonha, quando vejo um pocotó chamando norte americano de estadunidense). Eu também não vou muito com a cara do Bush, e apesar de preferir ele ao Lula ia menos ainda com a cara do Saddan.

Você pode ser o que quiser, você pra mim é problema seu. Mas o que você vai ter de engolir é que (presta atenção, cururu) a única coisa que o jornalista conseguiu foi constranger seus colegas jornalistas que como a maioria dos iraquianos, são educados o suficiente pra respeitar presidentes de países numa visita oficial. Fez com que cada um deles se sentisse compelido a começar a sua pergunta desculpando-se pelo colega.

Ahh e eu nem resisto em contar que só hoje eu topei com umas 4 pessoas e vi vários comentários e posts de gente que só agora aprendeu o significado que sapatadas tem para a cultura árabe. Aham, pense a respeito de papagarios de pirata, mas não tente fazer qualquer relação entre eles e essas pessoas, a relação é só pra você imaginar onde “algumas” dessas conseguirão chegar algum dia.

Post Scriptum I – 17/12/2008

OPEP e os seus barris de petróleo

Essa notícia é pra quem acha que o oriente médio é injustiçado. A OPEP bate recordes de corte de produção de petróleo pra aumentar os preços mundiais. Morra de amores pelos países árabes, mas faça isso sabendo que lá também não tem santo, ok? Se você pagar 3 dinheiros por um litro de gasolina com álcool a culpa é deles. E outra coisa, esse texto não é sobre meio ambiente, se quiser falar sobre isso ou presentes ecologicamente corretos, vá ao meu outro blog.

Post Scriptum II – 18/12/2008
Tanks Carla, sabe como são esses escritores inguinorântis né? Rssss

Anúncios
Marcado com:
Publicado em costumes
22 comentários em “bandidos e mal educados
  1. Flavia Sereia disse:

    Eu morri de rir com a sapatada, e lá no íntimo desejei que o sapato tivesse acertado o alvo kkkkkkkkkk
    É muita cara de pau, ou sem vergonhice mesmo, do Bush se desculpar justamente agora pela guerra no Iraque. Agora não adianta nada querer limpar a sujeira que ele fez.
    Sabe aquela brincadeira do Raul Gil, ” para quem vc tira o chapéu?”
    Agora vai surgir a brincadeira ” Em quem vc atira o sapato”? kkkkkkkkkk
    bjs

    Sim sim Flávia querida, o Bush é cara de pau e eu tb achei a cena engraçada, como acho quase todas que ele protagoniza. Mas o jornalista só denegriu a imagem dos iraquianos demonstrando total despreparo e falta de educação. Beijos, Jr

  2. Flavia Sereia disse:

    Ah outra coisa, o Bush teve sorte que não era jornalista mulher, já pensou se fosse uma sandália de salto plataforma ou anabela? kkkkkkkkkkkk Salto agulha 15cm kkkkkkkk se acertasse na testa dele, ia ficar cravado kkkkkkkk

    bjs

  3. DO disse:

    Fiquei surpreso com a cena,JUNIOR. Claro!! Mas torci para que pegasse no cara-de-pau. E ele mostrou muuita agilidade. Aliás,a mesma que mostrou ao dar motivos mentirosos pra invadir um país que nada tinha das tais armas de destruição em massa.

    Felizmente este cidadão esta saindo de cena e entrando para o lixo da história. E com os maiores índices de rejeição da história do país. Desculpe,meu amigo,mas o jornalista iraquiano mostrou que ama seu país e não suportou o tal “beijo de despedida”.
    Foi muita cara de pau do Bush.

    Abração!!

  4. Yvonne disse:

    Querido Junior, fiquei revoltada com o episódio do roubo dos donativos, mas concordo com você que essa meia dúzia de três ou quatro, como diria minha avó, não representa o universo de pessoas que estão trabalhando incansavelmente para ajudar o próximo.

    Quanto à sapatada, estou dividida: um ladinho meu está tendo orgasmos até agora, porque o homem merece levar um monte de porretadas, mas concordo com você que educação está acima de tudo.

    Beijocas

    Yvonne

  5. raquel a. disse:

    foi falta de educação, mas ao mesmo tempo uma atitude audaz. vai entrar pra história aquela sapatada. e a cara de mosca morta do bush também.

  6. Carol disse:

    Eu ouvi sobre os furtos de donativos. Me contaram numa de “viu que estão roubando os donativos que você ajuda a mandar pra SC”? Minha resposta foi: sério? mesmo? que coisa. então preciso mandar mais né, pra compensar o que os gatunos levam.
    Fui ao Rio ser madrinha de casamento e fiz muitas compras de roupa, sabe? Roupa lá é mais bonita e mais barata do que aqui em Brasília. Cheguei, fui desarrumar a mala e a cada peça de roupa nova que eu colocava no armário, tirava uma antiga e separava pra mandar pra SC.
    Comecei ainda a separar medicamentos. Sempre ficamos com remédios em casa na gaveta juntando poeira e esperando a validade vencer, então estou fazendo a faxina neles agora e separando para doar para alguém também. Vc sabe se posso mandar remédios junto com os donativos de roupas?
    Sobre a sapatada, confesso que não entendi nada. Nos últimos dias só vi coisas de noiva e de casamento. Acho que fiz uma boa troca, né? 🙂
    Bjs.

  7. Carla disse:

    Bush realmente mereceu a sapatada mas, como tudo na vida tem seu outro lado, a imagem que foi passada sobre os Iraquianos foi lamentável.
    Bjo.

  8. 1 – Gente bandida e mau caráter tem em qualquer lugar do mundo. Não dá para penalizar todos as pessoas, porque algumas delas roubaram donativos para os desabrigados das enchentes de SC.

    2 – Bush pode merecer tudo de ruim na vida, mas o fato dele não ter sido um bom governante não isenta o jornalista de ser um bom jornalista. Faz-me lembra do episódio com os futuros médicos da universidade estadual de londrina, que soltaram até rojões dentro do hospital univesitário numa total falta de respeito com os pacientes. Que tipo de profissionais serão eles?

    Abração, grande Junior.

  9. Lu Souza disse:

    Junior
    Sempre tem alguém para denegrir a imagem de uma boa ação, de um projeto, pessoa, cidade, enfim…Assim foi em santa Catarina. Acredito realmente que sejam minoria (graças a Deus) pois o mundo tá cheio de gente boa, de coração aberto e dispostos a colaborar com seu proximo.

    Quanto ao Bush…pena que nao acertou! Mas educação é educação e como dizia anteriormente, sempre terá aquele que irá “cagar na história” e por isso, todos os iraquianos levam a mau fama.

    Quanto a Foz, foi divino o passeio de barco nas cataratas, mas a pesca eu deixei pra lá, nao tenho muito saco…ate fui num pesque e pague, mas fiquei nos tobogas e piscina…era o melhor a se fazer num calor de quase 40º C.

    Bjos pra vc!

  10. Chico disse:

    Fala Jr,

    Quanto tempo!

    Estava em uma dessa filas de hospital particular (onde pagamos tão caro por um atendimento tão porco) quando vi na tv as sapatadas …

    Embora a criatura tenha feito por onde merecer, também acho que foi um ato infantil e que uma pergunta muito bem feita e desconcertante poderia ter tanto efeito quanto as sapatadas, com a vantagem de não passar uma imagem tão ridícula.

    Pior ainda é ver todo um povo fazendo do tal repórter um herói nacional… tsc tsc

    Acabei não seguindo sua mudança de blog, mas o feed está devidamente adicionado.

    Grande abraço!

  11. Carla disse:

    Vontando por aqui, só um toque, querido: O “mau”, do título é com “L”, tá?
    Bjo.

  12. Carla disse:

    Up date: “Voltando”…, hehehe!

  13. Cejunior disse:

    Essa história do furto dos donativos é realmente lamentável mas, infelizmente, isso ocorre em qualquer lugar e não vai ser porisso que as pessoas devem parar o auxílio aos desabrigados.

    Aliás, uma boa saída seria colocar essa meia-dúzia já identificada para tomar uma surra daquelas famílias que estão em abrigos, precisando exatamente dos ítens que foram surrupiados!!!!

    O nosso grande problema é que o exemplo vem de cima: basta ver, por exemplo, o Congresso Nacional….

    Quanto ao Bush, já vai tarde e tomara que o mundo faça com ele o que o Figueiredo tanto queria: ME ESQUEÇAM. Mas como o sujeito é muito cara-de-pau, ainda vai acabar como consultor ou embaixador de qualquer coisa…

    Um abração.

  14. Bruna disse:

    OI Junior,

    1. No contraponto de toda a solidariedade demonstrada, essa roubada vergonhosa é lamentável, né?

    2. Olha só, uma coisa é nossa cultura e educação. Outra é a deles. Mas na comparação, fico com o iraquiano mal educado. Se fosse eu, diante de tanto cinismo ( e levando-se em conta meu sangue calabrês), tería atirado minha sandalhinha salto agulha bem no meio das fuças do Bush.

    Beijo grande querido

  15. Lula disse:

    Orra meu! Lamentável a atitude daquele pessoal, heim? Inda bem que foram pegos.

    Quanto a sapatada eu torci pra que acertasse pelo menos um pé na figura.

    E tem, sim, gente boa e gente ruim em toda parte do planeta.

    Adorei o: “Você pode ser o que quiser, você pra mim é problema seu.” Hahahaha. Explicou legal!!!

    Abração e beijão procê e pra todos aí.

    E UM FELIZ NATAL. QUE AS DORES VIVIDAS RECENTEMENTE SE PERCAM NOS ABRAÇOS E BEIJOS AMISTOSOS E AMOROSOS DE TODOS QUE A SOFRERAM.

  16. Olá Júnior, em minha primeira visita a seu blog, além de desejar a você saúde e sucesso, é claro, vou me ater somente a seu comentário sobre os donativos. Deixei minha opinião em um post onde estava confuso saber quem eram os bandidos: os milhares de moradores e naturais de Santa Catarina, ou um bando de crápulas estejam ou não de fardas.
    Quanto à sapatada… deixa pra próxima.
    Abraços natalinos

  17. Tina disse:

    Oi Junior!

    Hoje não vou comentar o post, quero apenas desejar a você e à Criadora de Presentes um excelente Natal com muito amor, carinho e paz. Momentos felizes meu amigo, muitos.

    beijos com carinho,

  18. Já comentei… Então aproveito para desejar um excelente início de semana, grande Junior.

    Abração!

    😉

  19. Yvonne disse:

    Junior, eu mais uma vez para dizer que ficarei ausente um tempo no blog, visto que meu netinho virá para cá. Desejo a você um Natal maravilhoso com sua família e que 2009 seja repleto de muitas alegrias.
    Beijocas carinhosas e até a volta.

  20. Lu Souza disse:

    Junior… Tem presentinho pra você lá no blog.

    Desde já, boas festas e Paz, sempre e Deus no coração…
    Bjos
    Lu

  21. Luma disse:

    Li um post de uma pessoa que mora fora do pais, se referindo ao episódio do roubo das doações entitulado “É por isso que às vezes tenho vergonha do meu país”. Valeu um comentário mal educado meu, porque acho bem simplista colocar todos em um mesmo saco. E em contrapartida citei o caso da familia que devolveu o dinheiro, que por engano estava dentro do bolso de um casaco e questionei: E essa notícia, não vale um post? Mas as pessoas querem ver o circo pegar fogo! Veja bem o caso do Bush. Tá certo, ninguém morre de amores por ele – mas convenhamos, esse episódio serviu para mostrar que o Bush, pelo menos, não é totalmente incapaz. Ele consegue abaixar rapidamente a cabeça quando necessário 😉 Brincadeiras à parte, fiquei pensando em como este episódio será mostrado no futuro ou será que um dia será lembrado. Talvez como uma cena cômica sem conseqüência como querem os ‘estadunidenses’ ou como o anúncio de um declínio. Há meio século, o líder da União Soviética Nikita Kruchev, bateu como um louco o seu sapato sobre a mesa, diante de uma platéia na ONU, protestando contra uma decisão desagradável para o seu país. Na ocasião, o presidente americano era John Kennedy e o sapato de Kruchev não o intimidou. Hoje, o presidente desonrado está às vésperas de partir. Resumindo, na história já temos a lembrança de dois sapatos iraquianos lançados na cabeça do Ocidente. Quantos ainda virão?

  22. eu assisti o programa do d.l. hughley (http://www.cnn.com/CNN/anchors_reporters/hughley.d.l..html) na cnn ha dias atras aonde ouvi algo hilario: “ninguem precisava me dizer que sapatada na cultura iraniana tem um significado horrivel, de desrespeito–no brooklin, de onde eu venho, as pessoas jogam sapatos quando estao com raiva umas das outras, ou quando querem mostrar indignacao. ninguem joga sapato no outro por que esta feliz’.
    obvio, ne?
    o jornalista realmente se comportou mal. mas lavou a alma de muita gente, no mundo inteiro. e pra falar a verdade, a sapatada tem tudo a ver com o bush filho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: