Stammtisch

stammtisch

Azaftaszarden é o nome de um Stammtisch

Por aqui existem vários grupos de e cada um tem um nome. Nessa festa tão sui generis que só acontece no Brasil, eles se reúnem cada um em uma barraca, onde seus integrantes passam o dia comendo, bebendo rindo e cantando.

Cada grupo prepara seu próprio rango, que vai de churrasco a chucrute passando por cozidos, caldos, frituras e tudo mais que estiver a quilômetros de distância de saladas. Sim, saladas são para os fracos. São várias turmas reunidas, porem separadas, comendo e bebendo a valer.

Assim é o Stammtisch de Blumenau. E a festa é isso, pronto acabou.

Se você não faz parte de um dos grupos de Stammtisch não tem muitos motivos pra comparecer. Até pode comprar cerveja e alguma comida em uma ou duas barracas destinadas ao público, mas todos concordam que os “sem stammtisch” não tem muito que fazer por lá.

Hoje ele está acontecendo na Rua VXI – que é o xodó de todo Blumenauense, inclusive da Vera Fischer – bem no dia de maior movimento no comércio da sua rua mais famosa, os comerciantes são contra. Eles alegam que com a falta de banheiros a rua vira uma Bahia. Reclamam também que durante e após a festa acontecem inúmeros despejos de gordura nos bueiros (que coisa feia, heim?). Eles defendem que a festa seja realizada na Vila Germânica e eu, apesar de acha-los meio exagerados, sou obrigado a concordar.

stammtisch blumenau

Stammtisch em Blumenau

Anúncios
Marcado com: , ,
Publicado em costumes, cultura
7 comentários em “Stammtisch
  1. Carla disse:

    Well… seja onde for, gostaria de participar desse Stam..whatever!
    Mas, com certeza, tudo tem que ser planejado para a galera não sair fazendo o que não deve, principalmente ecologicamente falando!
    By the way, tô morrendo de rir com as suas twittadas!
    Bjo e otimo findi.

  2. Tina disse:

    Oi Junior!

    Eu acho ótima essa “miscigenação cultural” – sempre aprendemos, não? E nem preciso mencionar a culinária que só faz enriquecer o nosso “arroz & feijão”…

    beijos querido, obrigada pelo carinho constante. Bom fim de semana.

    PS: Suas dicas sobre peixe fizeram o maior sucesso, sabia?

  3. “…a rua vira uma Bahia.”
    Como assim?
    Nunca ouvi esse termo mas soou bastante preconceituoso…

    Oi Henelinha querida, desculpe se te soou preconceituoso. Não vou dizer que o blumenauense, salvo exceções não o seja, mas esse não é o caso.
    Salvador, capital da Bahia ficou conhecidíssima em nível internacional pela cara de pau dos soteropolitanos, baianos portanto, fazerem xixi na rua, nos postes, nos viadutos… não há nada de preconceituoso não, há somente um comportamento muito muito característico. E não é só homem que faz xixi em público, heim.
    Apesar da indignação, gosto demais da Bahia e de seu povo pra nutrir qualquer tipo de preconceito. Só que por aqui a galera não tolera esse tipo de comportamento, apesar de tolerar alguns outros tão indignos quanto.
    Beijos querida Helena, bom final de semana pra ti e para todos os queridos baianos que por aqui passar

  4. Que Bahia nada! Lugar de mijão é no Rio de Janeiro. A maior queixa do pessoal da antiga cidade maravilhosa é que os blocos de carnaval saem com milhares de mijões em potencial!!!!

    Mas voltando ao post, continuo sem entender direito qual é a do “Stammtisch”. É para discutir política, futebol, mulher pelada e afins ? Ou a turma simplesmente se reune para encher a pança e a cara ?

    Um abração, também estou curtindo muito suas “tuitadas”!!!

  5. Lula disse:

    Chucrute, rainsbaim? Ales bichisten, clains papier, né?

    Quando estive em Salvador EU VI baianos(as) mijando na rua. É claro que seguir um trio tomando cerveja e pulando chacoalha as coisas…pras mulheres os rapazes faziam paredinha, saca? (sempre somos atenciosos).

    Abração, festeiro – tome umAs por mim.

  6. DO disse:

    Séculos que não vou à linda Blumenau.
    Abraços e otima semana,Junior.

  7. Cris disse:

    E por que seria diferente fazer a festa na Vila Germânica? Muda alguma coisa quanto aos mijões e porcalhões que jogam gordura em lugares indevidos?

    (a pergunta pode parecer boba, mas é que não sei qual a diferença entre os dois lugares)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: