Cidades sem Sacolas Plásticas: Xanxerê/SC

Vou começar listar Cidades que Aboliram as Sacolas Plásticas ou que tenham projetos eficientes para a redução do seu uso, já que todos sabem da minha guerra contra as sacolinhas e por tabela, contra quem insiste que não consegue viver sem elas.

sacolas retornaveis de xanxerê

O destaque do dia é Xanxerê, uma cidadezinha aqui de Santa Catarina que está dando um ótimo exemplo de como banir as sacolas plásticas do nosso dia a dia. Na cidade de 40 mil habitantes circulavam 1 milhão de sacolinhas plásticas por mês e a iniciativa de mudar esse cenário partiu dos próprios comerciantes.

Assista ao filme e depois leia mais sobre o projeto, pense a respeito e passe adiante. Não há nada mais triste que pessoas presas a velhos e superados hábitos.

Saiba mais:
Prefeitura e Empresários se unem em projeto pioneiro no Brasil
Xanxerê, SC – O início do fim da plastificação planetária

Post Scriptum
(I) Apreciem o comentário de um fabricante de sacolas plasticas.
(II) em 16/5/11 apreciem a matéria falando sobre fabricantes de embalagens plasticas que apostam no fim das sacolinhas.

Dica do Escalafobético
Quer mais um dica legal? Então Assine para receber o Escalafobético no seu email, em 10 segundos você vai ter feito seu cadastro pra receber gratuitamente todas as novidades do Escalafobético.

Anúncios
Marcado com: , ,
Publicado em costumes, meio ambiente
33 comentários em “Cidades sem Sacolas Plásticas: Xanxerê/SC
  1. Boa idéia. Lá no Rio tem bastante gente aderindo a esse tipo de sacolas.

  2. Douglas disse:

    Muito bom, isso. Na capital isso tem sido bem eficaz e muitos estabelecimentos só tem oferecido pros clientes sacolas com materiais que não poluem, uma espécie de papelão, não sei o nome exato.

    Mas acho que os principais vilões são os supermercados, não? Óbvio que a população tb, mas os supermercados diariamente distribuem muitas sacolas plásticas.

    Abraço.

    Douglas queridão, as pessoas tendem a tirar a culpa das costas delas, você tem razão. O Supermercados distribuem sacolas mas cabe ao cliente aceitá-las ou não, certo? Veja, na ultima quinta-feira fui fazer a “compra do mês” aqui de casa, uma compra de 2 carrinhos de supermercados e eu utilizei 2 sacolinhas plásticas porque rompi algumas embalagens com meu jeitinho delicado de ser. Trouxe uma big compra pra casa sem utilizar sacolinas plásticas, mas o supermercado as oferecia às milhares, coube a mim escolher. Abração e obrigado pela colaboração nesse tema tão importante.

  3. Andréia disse:

    Que ótimo! Xanxerê está de parabéns. Além da iniciativa a favor do meio ambiente, o visual da sacola é muito mais bonito do que as que tenho visto por aí, com um precinho nada camarada, diga-se de passagem.

  4. Luma disse:

    Os supermercados deveriam cobrar pelas sacolas plásticas, porque somente mexendo no bolso, o cidadão toma vergonha na cara! Bom fim de semana! Beijus

    Luma querida, você tem razão. E nesse projeto aí eles cobram R$0,50 por 5 sacolas, se o cliente quiser. Beijos

  5. Douglas disse:

    Sim, amigo, mas depende muito mais dos supermercados…pelo menos inicialmente. Se o governo criasse uma lei que proibisse a distribuição de sacolas plásticas em qualquer estabelecimento nesse país, aí sim acredito que haveria uma mudança que impactaria as pessoas, porque sei lá, acho que pelo menos 50% das pessoas que usam sacolas plásticas em suas lixeiras pegam essas sacolas nos supermercados.

    E concientização nas pessoas é algo eficaz, mas se essa lei “radical” de sacolas nos supermercados existisse, consequentemente as pessoas parariam de usá-las. É meio que forçar as pessoas a pararem e só seguida elas se conscientizariam.

    As pessoas não pensam muito…é como aqueles animais que só entendem que não podem sair do seu território quando fecham a porta, e principalmente quando se trata de algo como sacolas plásticas, que “não faz mal e não é tão urgente aparentemente”. Eu faço a minha parte e vc tb faz a sua, mas pra que essa concientização seja eficaz nesse país todo, a primeira coisa que me vem à mente são os supermercados.

    Desculpa a polêmica, a chatice e o livro, rs.

    Abraço.

  6. Carla disse:

    Grande iniciativa e a gente tem que apoiar!
    Eu, como já falei aqui, já tenho a minha sacola (comprei numa ong aqui de BH), um gesto de dizer não às sacolas plásticas!
    Bjo, qulido.

  7. Carol Linden disse:

    Em Buenos Aires fiz compras em uma loja e recebi, em vez de uma sacolinha plástica, uma sacola ecológica reutilizável feita de fibras de PET muito lindinha. Agora a bolsa mora no meu carro e uso sempre que preciso. Já usei caixa de papelão no mercado, mas não gostei muito porque a caixa desmontou no meio do caminho, achei a sacola retornável melhor.
    Bjs!

  8. DO disse:

    Se as pessoas soubessem o quanto isto ajudaria…
    Parabens pela iniciativa,JUNIOR

  9. Vanessa M. disse:

    Olá Querido!

    Excelente iniciativa mesmo, ainda mas vindo do governo.
    Tenho duas sacolas feita de Bio – material. Levo ao mercado sempre que vou fazer compras pequenas.

    bjsss

  10. Dilberto disse:

    Sempre bom ver (ou rever, não estou certo) um espaço bem feito e inteligente como este seu, meu caro: faço minhas as suas palavras quanto ao Ciro (embora ele reúna qualidades como político que você não citou), mas discordo quanto à Dilma: o momento pede mudanças, embora, infelizmente, a outra opção forte seria o PSDB…

    Quanto às sacolas, seria maravilhoso ver abolidas as sacolas plásticas em profusão dos supermercados; discordo, entretanto, que deveriam ser pagas as plásticas, a fim de forçar as pessoas quanto ao uso das sacolas apropriadas… O mais correto, creio, seria ter incentivos do Governo quanto a políticas públicas de forçar os supermercados a aderirem às sacolas apropriadas! Mas Governo brasileiro nenhum tem interesse a curto prazo quanto a políticas ambientais sérias…

    Um abraço e até breve!

  11. Daniela Lima disse:

    Também estou nessa guerra, ano passado fiz este post sobre a sacola ecológica http://conscienciacomcienciaa.blogspot.com/2008/11/sacola-ecolgica.html

    Em joinville, o supermercado big, tem a mostra as sacolas para vender, mas não tem nenhum funcionário para explicar as vantagens ambientais de seu uso, tá lá só pra enfeite.

    Quanto aos créditos de carbono, não sei muito sobre o assunto, pretendo participar da palestra para abrir minha cabeça e formar meu conceito sobre o tema e depois opinar, é preciso mais estudo!!

  12. Flavia Sereia disse:

    Olha que ideia maravilhosa. Tenho certeza que aqui vai ser o ultimo lugar a ser implantado um coisa assim rss

    bjs

  13. Marcela disse:

    Alguns supermercados aqui do Rio de Janeiro já deixam disponíveis para os clientes caixas de papelão dos próprios produtos que recebem diariamente nos estoques para que os clientes possam utilizá-las ao invés de sacolas plásticas. A consciência parte realmente de cada um. Eu faço minha parte e sempre que posso, dou preferencia a esses estabelecimentos, tanto para utlizar tais caixas como para doar algumas também quando possível.

  14. NR disse:

    Eu sou super a favor das sacolas ecológicas para as compras, mas ainda tenho problema c/ as plásticas em outro sentido. As uso p/ colocar o lixo de cozinha e banheiros. Você saberia de alguma dica para substituí-las por algo mais ecológico?

    Realmente as sacolinhas são um desafio. Bom, no primeiro mundo o papel higiênico usado não é “guardado” como fazemos por aqui, lá ele é descartado dentro do vaso sanitário, pois é dissolve fácil. Quando eu morava em São Paulo usava o cesto do banheiro para lixo comum e o papel higiênico ia para o vaso, morei em 3 locais diferentes e o procedimento era o mesmo. Na casa onde moro agora fiz isso e depois de alguns dias tive problemas com entupimento, provavelmente por serem os encanamentos muito antigos. Sugeriria à você que tentasse descartar o papel higiênico diretamente no vaso pra ver se seu encanamento já é apropriado (a maioria, nas grandes cidades, são), usando a lixeira para lixo comum sem a necessidade de forrá-la. Abraço, Junior

  15. Isso é grandissíma palhaçada, as sacolas plásticas são recicláveis, vocês deveriam era ir atrás dos donos de industria quimicas que jogam milhares de metros cubicos de puro “Veneno” nos rios. Não nós que somos fabricantes de sacolas e estamos lutando pra viver, hoje tudo é feito do plástico, é utopia achar que as sacolinhas vão acabar, existem só em são paulo mais de 20 empresas com pelo menos 10 mil m² construido cada uma, so para fabricação de sacolas, voces acham sinceramente que isso vai acabar? nao sei se isso podemos chamar de ingenuidade ou inocencia… talvez burrice seria o ideal….. abraço a todos que usam minhas sacolas, tenho certeza que irao usá-las por muitos anos!

    Olha o tipo do fabricante de sacolinhas, olha o linguajar e a educação do sujeito que chega chutando a porta. Ele me lembra aqueles fabricantes e pintores de faixas e placas de São Paulo há alguns anos, gritando gritando e gritando quando a lei Cidade Limpa proibiu a poluição visual. Mas o João aí encima está certo, é utópico achar que as sacolinhas acabarão por completo, mas talvez das 20 empresas que ele diz existir hoje em São Paulo sobrem 2 ou 3, porque também é certo que o uso indiscriminado das sacolinhas vai diminuir muito, como é certo que pelo jeitão do João a sua empresa não será uma das sobreviventes, o João sabe disso e por isso está tão preocupado. João, Xanxerê existe e deu certo, isso vai dar certo em mais e mais cidades, prepare-se pra isso. Eu e mais uma montanha de gente continuaremos lutando contra o uso indiscriminado das suas sacolinhas, da minha parte agora com muito mais fervor, obrigado por vir aqui nos dar mais esse estímulo. Um abraço, Junior

    • Lya Olioni Dantas disse:

      Sr. João, moro em Xanxerê-SC e estou aqui pra falar como o projeto deu certo aqui, hoje é completamente normal as pessoas levarem suas sacolas ao supermercado, e ninguém reclama mais disso. Você como fabricantes de sacolas deve saber que apesar das sacolas plásticas serem recicláveis, a maior parte não é reciclada pois sai muito mais caro reciclar uma sacola do que fazer uma nova. Se você pensar um pouco melhor, poderia passar a fabricar sacolas retornáveis também, afinal o mundo muda e as pessoas tem que se adaptar a isso, mas pelo visto como o Junior disse a sua empresa não vai durar muito dessa maneira. Abraço, Lya.

  16. Cyn Cardoso disse:

    Só complementando o que a Luma disse. Na Itália (e na maioria dos países europeus, acredito eu) as sacolas plásticas, em qualquer loja e supermercados, são cobradas. Dependendo do tamanho da sacola, o preço vai de 0,05 a 0,020 centavos de euro.
    Assim, a grande maioria dos consumidores levam suas próprias sacolas ecológicas para os mercados, limitando bastante o uso das sacolas plástica.
    O sujeito, fabricante de sacolas, é somente um pobre coitado ignorante. Se ele não mudar sua política, (poderia por exemplo abrir um segmento em sua empresa que fabricasse sacolas ecológicas a partir do PET) vai acabar falindo.

  17. Lula disse:

    …e as sacolinhas são bonitinhas, né? Espero que a idéia se espalhe.

    Abração, amigão.

  18. Tina disse:

    Oi Junior!

    Essa prática é excelente, tomara que seja adotada mundo afora.

    beijos querido e boa semana para você e Bianca.

    PS: Tem bolo lá no BM…

  19. Lorena Souza disse:

    Vou enviar à minha amiga da área ambiental o link deste blog para que ela veja o mundo movendo contra as sacolas plásticas afora da nossa cidade que poucas (ou quase nenhuma!) iniciativas ainda estão sendo discutidas e mobilizadas na nossa cidade, Feira de Santana-BA! GRande abraço e parabéns pela discussão!

  20. Clarissa disse:

    Oi, Junior. Tudo bem? Sou a Clarissa e trabalho na Edelman, agência de comunicação do site ComoTudoFunciona. Cheguei no seu blog através do blog Simples Coisas da Vida. Sempre damos uma volta pela blogosfera para conhecer assuntos novos e ter novas ideias de artigos pro site.
    Excelente iniciativa destas cidades, afinal mais de um milhão de sacolas plásticas por dia são consumidas pelo mundo.
    Dá uma olhada neste artigo, acho que você vai gostar: http://ambiente.hsw.uol.com.br/sacola-plastico.htm
    um abraço.

  21. Homero Gastaldi Buzzi disse:

    Aqui no Alto Vale do Itajaí já há várias iniciativas. Em Rio do Sul está se implantando, com iniciativas do estado, de institutos – como o Caapuã, fundações – como a Pássaro Azul, Ongs,
    e outros segmentos da sociedade. Milhões e milhões de sacolas de plástico deverão sair de circulação da região em favor destas sacolas ‘ecológicas’, que estão começando a ser usadas.
    Ainda há muito o que fazer.abç

  22. […] lendo o blog do Júnior, ele falava sobre a experiência de uma cidade de Santa Catarina que aboliu o uso de sacolas plásticas, Xanxerê. A ideia é evitar usar as sacolas plásticas para que estas mesmas sacolas não se […]

  23. mauricio disse:

    Eu até agora só vi problemas com essas sacolas ecologicas que de ecologicas não tem nada a
    não ser os fabricantes , que querem vender seu peixe , mas as sacolas que o mercado vende
    é provavel que não poluem essas você pode jagar em qualquer lugar já que elas são pagas ,
    por isso eu vou continuar comprando sacolas e posso jogalas onde eu quizer , porque eu paguei por elas , por isso elas não vão poluir o meio ambiente , acorda meu amigo deu para ver que isso é uma farsa , mas os fabricantes de sacolas já venderam muitas , sacolas e essas sacolas sim podem poluir o meio ambiente já que são feitas de material suspeito , de restos dereciclagem , sem comprovada origem , isso sim é um risco a sua saude e seus familiares , quer continuar com isso o problema é seu , tenho dito!!!!!!!! teleradio_xxe@hotmail.com

    • Lya Olioni Dantas disse:

      Maurício, as sacolas ecológicas não descartáveis como as sacolas plásticas, você não vai usar uma vez e jogar fora, isso é só o argumento utilizado por pessoas retrógradas. Abraços, Lya.

  24. Firmo posição no lema: Contra a ignorância não existem argumentos.

  25. magda disse:

    as sacolas estão sendo recicladas,no entanto não são só elas as causadoras da destruição como são acusadas.na verdade as empresas recicladoras compram e recuperam.gerando emprego para muitas famílias.

  26. Eu ja tenho 3.

    Até-logo.

  27. Juliano disse:

    BOA TARDE,

    GOSTARIA DE FAZER ALGUMAS OBSERVAÇÕES A RESPEITO DAS SACOLAS PLÁSTICAS.
    HOJE NO BRASIL, AS INDUSTRIAS DE SACOLAS PLÁSTICAS MOVIMENTAM MILHOES DE REAIS/ANO, GERANDO MILHARES DE EMPREGOS.
    COMO PUBLICADO E DIVULGADO EM XANXERE, EXISTE OUTROS LUGARES NO BRASIL E NO MUNDO, PROMOVENDO CAMPANHAS PARA A NAO UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS.

    NAO É ERRADO QUERER PRESERVAR O MEIO AMBIENTE, ALIAS, É O MAIS CORRETO A SE FAZER, POIS É DEVER DE TODOS.

    DAS SACOLAS PLASTICAS COMERCIALIZADAS NOS SUPERMERCADOS DO BRASIL INTEIRO, 65 % É FEITA DE MATERIAL RECICLADO, E QUANDO FALO EM RECICLADO, NAO FALO DE MATERIAL IMPROPRIO PARA USO, FALO SIM, DE MATERIAIS QUE SE NAO RECICLADOS, IRAO PARA O MEIO AMBIENTE DE QUALQUER JEITO.

    HOJE NO MUNDO A ECONOMIA É MOVIDA PRINCIPALMENTE PELO PETRÓLEO, E POR TODO E QUALQUER DERIVADO DELE.
    TENHAM A CERTEZA DE QUE ATÉ QUE EXISTIR PETRÓLEO, O PLASTICO NAO SERÁ DESCARTADO.

    ANTIGAMENTE NAO EXISTIA PLASTICO E TODO MUNDO SE VIRAVA?

    CORRETO, TODO MUNDO SE VIRAVA, MAIS ERA COM RECURSO TAMBEM DA NATUREZA,

    CONCORDO COM AS CAMPANHAS, MAIS SIM DE CONCIENTIZAÇÃO DA POPULAÇÃO, E EM PRIMEIRISSIMO LUGAR, DOS SUPERMERCADOS E COMPRADORES DAS SACOLAS, POIS ESTES, CADA VEZ MAIS BUSCANDO PREÇO, COMPRAM SACOLAS COM ESPESSURAS MUITO AQUEM DO QUE DEVERIA SER USADO, OCASIONANDO A CADA CLIENTE, AO INVEZ DE UMA SACOLA SOMENTE, DUAS OU TRES SACOLAS PARA POR 1 KG DE FEIJAO POR EXEMPLO.

    POR TANTO, CREIO SIM, QUE TEREMOS QUE NAO DEIXAR DE USAR SACOLAS PLASTICAS CONFORME A CAMPANHA DE XANXERE DIZ, MAIS SIM, IMPOR NORMAS QUE FAÇAM OS FABRICANTES E CONSUMIDORES, A COMERCIALIZAR UM PRODUTO DE MELHOR QUALIDADE, PODENDO ASSIM, SER UTILIZADO EM MENOR QUANTIDADE, E QUANDO JOGADO NO LIXO, SEJA PASSIVEL DE APROVEITAMENTO.

    PARABENIZO A INICIATIVA DE XANXERE, MAIS CREIO ESTAR FALTANDO CRITÉRIOS PARA ESTA CAMPANHA.

    O PLASTICO POLUI? NAO
    QUEM POLUI É QUEM NAO SABE UTILIZALO E DAR A ELE O DEVIDO FIM.

    FALASSE SOMENTE EM SACOLAS PLASTICAS

    E AS LATAS DE BEBIDAS, PAPEIS E PAPELAO, VIDROS E OUTROS.

    TODOS ESTES MATERIAS DEPOSITADOS NA NATUREZA TAMBEM POLUEM, OU ESTOU TITUBIANDO?

    A DIFERENÇA É QUE NOS JA APRENDEMOS A REUTILIZAR ESTES MATERIAIS, AGORA CHEGOU A VEZ DO PLASTICO.

    ABRAÇOS

  28. Sou presidente do sindicato dos supermercados de joinville sc .E desde 2004 quando foi lancado o projeto sacola ecologica nas padarias com iniciativa do sindicato da panificação de Joinville SINDIPAN ,ja fizemos varios eventos promovendo este projeto.Uma delas foi na feira de material graficos e embalagens , em Joinville setembro de 2008.Nesta oportunidade sugerindo aos fabricantes de embalagens ,a colocacão de uma alça em todos os produtos de porte maiores.Ex. papel higienicos,caixas de cervejas,flaudas,em fim tudo que utilizem uma sacola.
    Estamos preparando outro evento em parceria com Instituto Ajorpeme no dia 30/11/10 para movimentar todos os seguimentos da cidade pela concientização ao uso de sacolas ecologicas. 47 91830671

  29. Anasir Martins disse:

    eu só quero saber, se haverá mudança por parte da coleta do lixo, reutilizo as sacolinhas de supermercado para descartar meu lixo doméstico, agora tenho que comprar sacos de lixo, é mais uma despesa, além dos sacos de lixo serem de plástico também, portanto não vejo nenhuma melhora para o meio ambiente, vejo sim economia para os donos de supermercados, acho um enorme exagero cobrarem 0,19 centavos por uma sacolinha, sabemos que é tudo uma grande tapiação e novamente o consumidor pagando mais uma conta e os supermercados aumentando seus lucros, nós consumidores não temos outra saída a não ser desembolsar.
    ainda não me explicaram como vou descartar meu lixo, pago IPTU, e nele uma parcela é para a coleta do lixo, nesse caso uma vez que essa medida é para a melhoria do meio ambiente, as Prefeituras deveriam colocar em vários pontos em todas as rua os recipientes para depositarmos o lixo, uma vez que pagamos por isso. outra pergunta, além das sacolinhas, já estão tomando providencias com outras coisas que sabemos que poluem o meio ambiente?

  30. […] que tive meu primeiro contato com a campanha me lembrei do João de Souza e sua hilária manifestação, o que será que ele vai pensar quando souber da campanha? Quem sabe ele se manifesta novamente por […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: