Biomecânica de Corrida

Este post mudou para outro blog, clique abaixo para ler

O Jeito Certo de Correr

Anúncios
Publicado em Running
7 comentários em “Biomecânica de Corrida
  1. vanessatais disse:

    Josa, esse post foi muito bom pra mim! Eu corro a pouco tempo e não tenho assessoria e nem treinador, fico muito em duvida da mecânica da minha corrida! O meu professor luta diz que eu tenho que pisar com calcanhar e depois ponta e eu nao concordava muito! Num curso falaram que deve pisar so com a ponta dos pés! E vc esclareceu que devemos aterrissar no meio do pé! Qdo vc puder, pode passar mais detalhado a questão da pisada na hora da corrida?
    Adorei mais uma vez seu post! Tem me ajudado muito!
    Abraço
    Vanessa
    http://www.nossodiariodetreino.wordpress.com

    • Josa Jr disse:

      Olá Vanessa, obrigado pelas palavras 🙂
      Bem, existe mesmo esse lance de ensinarem a correr errado, rsss. Alguns dizem que quando se está iniciando, correr aterrizando com o calcanhar é mais fácil e tals, mas todos os ortopedistas esportivos com quem já conversei discordam. Primeiro porque é melhor aterrizar com o médio pé é melhor para o corpo, cientificamente comprovado em diversos estudos modernos. Segundo porque é mais fácil aprender certo no começo do que depois que os movimentos “errados” estão consolidados. Nos próximos dias vou postar mais coisas sobre a pisada, incluindo aí alguns vídeos.
      Mais uma vez, obrigado pela visita e pelo comentário, fico feliz em ajudar 🙂

  2. Aldo disse:

    Faaala JR… Gostei muito deste post… Sempre fui meio Forrest Gump pra correr… Chego e saio correndo… Bem semi-semi-amador… hehehehe… Neste fds, corri dois dias tentando aplicar o máximo do que li no post… A diferença é perceptível!!! Incrível… Você termina a corrida inteiro… Muito legal… Abração…

    • Josa Jr disse:

      Olá Aldo, querido amigo,
      Fico feliz que as dicas tenham ajudado. Se me permitir mais uma dica, procure ir se adaptando aos poucos, escolha uma parte do treino para aplicar as mudanças mais significativas, como a pisada com o médio pé, e vá aumentando esse tempo aos poucos, assim vai estressar menos as panturrilhas e o corpo aprende com o tempo.
      Abração

  3. Josa, muito bom seu post. Super completo. Adorei!
    abraços
    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    @Correndodebem

  4. Rafael Lopes disse:

    parabens pelas dicas. Vou comecar a aplicar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: