os avestruzes não vão à praia

Em 2007 escrevi sobre o feriado da Consciência Negra em São Paulo, e sobre as justificativas da vereadora Claudete Alves do PT de lá, autora do projeto. Agora volto aqui pra escrever sobre o mesmo assunto, o projeto para tornar esse dia feriado aqui em Blumenau.

consciencia negra

O projeto que foi aprovado no legislativo é de autoria da vereadora Maria Emília de Souza (que tem a maior cara de brava), adivinhem qual é o partido dela.

Não quero ser repetitivo e se quiserem saber o que eu acho da data leiam o texto do ano passado, mas só pra resumir, com todo respeito aos negros, acho que esse dia é racista e representa o preconceito dos negros contra eles próprios.

Voltando ao assunto de ser ou não feriado nessa data, as justificativas da vereadora de São Paulo eram de chorar de rir, ou chorar de vergonha, dependendo de quem você é.

Já no caso de Blumenau, a vereadora Maria Emilia acha necessário um feriado pra que pensemos sobre a importância dos “afro-descendentes” naonde mesmo? Ahhh, na construção da nossa própria história. Clap clap clap…

Quem mais contribuiu pra nossa própria história põe o dedo aaaquí !!!

“É fila sim minha gente. Índios primeiro, portugueses logo atrás, fila por ordem de chegada no país, pessoal; Negros, amarelos… Nada de tumultuar, vai ter feriado para todas as consciências, ok?”

Quer ver mais justificativas para o feriado? Aqui tem o movimento Cisne Negro de Consciência Negra em Blumenau. Por mim, que sou democrático, podem ter o movimento que quiser, mas veja a justificativa do presidente para defender o feriado que vai marcar o dia do Zumbi dos Palmares, ele disse:

“Muita gente pensa que foi a Lei Áurea que deu aos negros a possibilidade de lutar pela igualdade de direitos. Mas ela só permitiu que eles saíssem da senzala, muitas vezes para viver em uma situação ainda mais miserável.”

Viram a pérola? O cara acha que a lei Áurea foi ruim pros negros, pode? Claro que pode, ele pode achar o que ele quiser, mas não é estranho?

Não leitor amigo, não é estranho. É triste, mas nada disso é estranho. Somos todos brasileirospocotó, eu você e o presidente do tal movimento e a vereadora, adoramos um feriadinho pra matar o trampo. No caso da vereadora e seus colegas que aprovaram o projeto, tenho a opinião (e opinião é como cu, cada um tem o seu) de que são também hipócritas e preconceituosos por considerarem os negros tão diferentes a ponto de precisam de feriados pra comemorar a sua consciência, enquanto ninguém mais precisa.

Mas e aí? Fica assim? Fica não. O prefeito da vez de Blumenau sabiamente vetou o projeto. Em 2008, em plena crise financeira mundial, a cambada vai ter de ir trampar, produzir, gerar PIB. Regozijo-me ao ver isso acontecer.

Em tempo, antes das salsinhas irem direto pra caixa de comentários pra descer a frigideirada em mim, leiam esse editorial do Jornal de Santa Catarina, que diz exatamente o que eu penso.

Anúncios
Marcado com: , , ,
Publicado em cultura
9 comentários em “os avestruzes não vão à praia
  1. Luma disse:

    Realmente a vereadora precisa se informar mais antes de abrir a boca. A lei áurea apenas culminou aquilo que estava a 7 anos acontecendo no Brasil todo. Os fazendeiros estavam alforriando os escravos por não terem condições financeiras para mantê-los. No caso a lei veio para dar ‘igualdade entre os negros’, porque antes disso tinha muito negro de nariz em pé. Veio tarde, é sabido.
    Já Zumbi dos Palmares, demonstrou ser guerreiro já em 1675, então, uma coisa nada tem a ver com a outra, lei áurea com Consciencia negra. Zumbi lutava para os escravos terem liberdade para praticar a cultura africana no Brasil Colonial, para praticarem seus cultos/religião. Os escravos mais apegados à cultura, se revoltavam e fugiam. Zumbi dava abrigo no Quilombo dos Palmares. Existiam vários Quilombos, mas o de Zumbi era mais protegido.
    Então, deturparam a Consciencia negra. Consciencia negra nada tem a ver com ‘dia do negro’, tem a ver com fato histórico; Zumbi morreu no dia 20. Aproveitaram esse dia para relembrar as façanhas do mesmo e para os negros não se esquecerem de suas raízes africanas e tals. É feriado nacional a muito, mas facultativo. É dado a cada município o direito de comemorar ou nao. Então, se é dia para somente lembrar, vamos trabalhar, não é mesmo?

  2. flaviasereia disse:

    Mas um feriado?? Desse jeito vou voltar a trabalhar, pq aqui na Bahia fica-se mais em casa curtindo feriado do que trabalhando. Vou ganhar para ficar em casa hehehe

    Podia ter o dia para lembrar sim, mas não precisa ser feriado né.
    bjs

  3. Eloy Labatut disse:

    O mais curioso é que a Bahia, estado com a maior população de afrodescendentes (sem hifen e hifen sem acento, estou tentando me adaptar as novas regras da lingua portuguesa no Brasil… que é assunto pra um baita topico: caíram alguns acentos, o hifen em algumas palavras, se e pra mudar porque não muda tudo de uma vez?) e lá não é feriado.
    E depois os bahianos levam a fama de preguiçosos.

    melhor parar por aqui, antes que eu faça um novo tópico no meio dos comentários. Esse tema é muito complexo, pra mim até o sistema de cotas é preconceituoso, afinal somos ou não TODOS IGUAIS?

  4. Carla disse:

    Aqui em BH não temos esse feriado, não.
    Acho que melhor seria que, ao invés de feriados, fosse levado à população mais informação e cultura sobre o tema.
    Bjo.

  5. Carlos Emerson Jr. disse:

    Aqui no estado do Rio é feriado. Foi criado pela Benedita da Silva, quando foi governadora-tampão de um dos Garotinhos… Sem querer entrar no mérito da data, fico só pensando como o Brasil e, em particular o Rio, tem feriados!
    Aliás, vou além: para que feriado ? Precisamos mesmo parar toda a economia por 24 horas para homenagear uma data, uma guerra, uma raça ou um país ? E os feriados religiosos ? Por que só os cristãos podem ter seus feriados ? Não somos uma república laica ? Então…
    Um abração, meu caro xará e não tem jeito, mais cedo ou mais tarde vão estender esse feriado de 20 de novembro pro Brasil todo.

  6. Lu Souza disse:

    Olha..eu concordo com você! Como filha de negro que sou e sabendo (acho que ate menos do que deveria) sobre a verdadeira historia dos negros, acho esse feriado preconceituoso e desnecessário. Informar melhor o povo (inclusive os negros que sabem de um modo deturpado sobre suas raizes), seria uma forma mais correta de “comemorar”, concientizar.

    Bjos

  7. Lula disse:

    Adorei aquelas bundinhas coloridas lá em cima.

    Também acho que dar um dia pra algo ou alguém é discriminação. Neste caso, nos outros 364 dias o pessoal branco, amarelo, azul e verde se sente no direito de meter o pau no pessoal negro e vice-versa e entre eles mesmo.

    Eu ando meio vermelhão ultimamente, acho que é por causa da cerveja. Será que eu posso reivindicar um diazinho pra mim junto às “autoridades”? juro que nesse dia eu não bebo nem um golinho de cerveja e peço pro papai noel falar com a mula-sem-cabeça pra pedir pro saci pererê desconsiderar o natal e falar pro coelhinho da páscoa, que bota ovos, me trazer um de chocolate, pra comemorar.

    Beijão geral pelaíííííí irmãozão.

  8. Yvonne disse:

    Está ouvindo aí as palmas que eu estou batendo aqui? Até rimou. Nada a criticar ou acrescentar, seu post foi irretocável. Beijocas

  9. Jr, eu nem sabia desse feriado, claro estou há 15 anos fora disso o Brasil tem tantos feriados… estou vindo aqui te avisar que os posts sobre a blogagem coletiva estao todos em um único blog para faciliatr que deseja lê-lo.

    O seu também está lá.

    Entao, dá uma passadinha por lá vê se está tudo bem prá você como tudo ficou por lá com o seu post.

    Aqui o link do blog: http://blog-blogagem.blogspot.com/

    Te desejo um ótimo final de semana.

    Abracos do Dácio e da Georgia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: